PUBLICIDADE

Mundo

Filho de Joe Biden é condenado por mentir sobre uso de drogas para comprar arma de fogo

Hunter Biden foi processado por adquirir arma de fogo em época em que fazia uso de crack e álcool

11 jun 2024 - 18h55
Compartilhar
Exibir comentários
Hunter, filho do presidente norte-americano Joe Biden
Hunter, filho do presidente norte-americano Joe Biden
Foto: REUTERS/Julia Nikhinson/Arquivo

Hunter Biden, filho do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi condenado nesta terça-feira, 11, por um júri popular na cidade natal dos Biden, Wilmington, no Estado de Delaware. Ele foi considerado culpado por adquirir e portar uma arma de fogo durante um período em que consumia crack e álcool, o que é proibido pela lei federal norte-americana.

É a primeira vez que um filho de um presidente dos EUA é condenado em um processo criminal no país. O processo incluiu duas acusações relacionadas ao preenchimento de um formulário no momento da compra da arma de fogo, no qual ele teria declarado não ser usuário nem viciado em drogas. 

Embora ele já tenha falado publicamente sobre sua batalha contra o uso de drogas, inclusive em um livro lançado em 2021, Hunter Biden defendeu sua inocência, alegando que não estava fazendo uso de nenhuma substância na época do caso. Em 2023, momento posterior à compra, ele afirmou que estava sóbrio desde maio de 2019. 

A sentença será anunciada até outubro pela juíza responsável pelo caso. A pena máxima poderia chegar a 25 anos de prisão e R$ 4 milhões (US$ 750 mil) em multas, o que é considerado improvável, tendo em vista que é a primeira condenação criminal dele somada ao fato de o crime ser considerado como de menor potencial ofensivo. 

A defesa ainda poderá recorrer da condenação. Joe Biden poderia conceder o perdão presidencial ou transformar a sentença para que ele não precisasse cumprí-la, por se tratar de um crime federal. Segundo o jornal O Globo, o presidente norte-americano afirmou que não pretende intervir, embora tenha reiterado que, como pai, está orgulhoso por seu filho ter se livrado do vício de drogas. 

Hunter Biden também se pronunciou e expressou decepção com o resultado do júri. Apesar disso, celebrou sua recuperação do vício: "A recuperação é possível pela graça de Deus, e sou abençoado por experimentar essa dádiva um dia de cada vez", declarou em nota.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade