PUBLICIDADE

Rússia propõe diálogo na Ucrânia patrocinado pela OSCE

1 mai 2014 02h36
| atualizado às 02h55
ver comentários
Publicidade

O ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, disse na noite desta quarta-feira, em Lima, que Moscou apoia um diálogo na Ucrânia para solucionar a crise, sob o amparo da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE). "A Rússia é favorável ao estabelecimento de um diálogo na Ucrânia entre as autoridades de Kiev e das demais regiões", destacou Lavrov em entrevista coletiva na sede da chancelaria peruana.

Lavrov destacou que "o governo russo acredita que este diálogo deve ser promovido pela Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa". "Esperamos que nossos sócios e colegas ocidentais permitam aos ucranianos estabelecer este diálogo sem maiores impedimentos", disse o chefe da diplomacia russa.

Mais cedo, no Chile, Lavrov anunciou que a Rússia estuda medidas para o caso de o Ocidente manter as sanções contra Moscou devido à crise na Ucrânia. "Não vamos fazer coisas estúpidas rapidamente. Queremos dar aos nossos sócios a oportunidade de se acalmar", disse Lavrov, após se reunir com o chanceler do Chile, Heraldo Muñoz. "Se suas ações continuarem, neste caso, estudaremos a situação", acrescentou Lavrov.

Estados Unidos e União Europeia anunciaram sanções contra políticos e militares russos, e tendo também como alvo lideranças separatistas da Ucrânia, diante da escalada de tensão diplomática considerada inédita desde o fim da Guerra Fria.

Entenda a crise na Ucrânia Entenda a crise na Ucrânia

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade