0

Trump assina ordem que impedirá imigrantes de pedir asilo

Presidente invoca a mesma autoridade usada para justificar a proibição de acesso ao país para cidadãos de países de maioria muçulmana

9 nov 2018
14h44
atualizado às 14h44
  • separator
  • comentários

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira, 9, que assinou uma proclamação de imigração, um decreto que ajudará a banir efetivamente imigrantes que cruzam a fronteira dos EUA com o México ilegalmente de serem aptos ao pedido de asilo.

O governo Trump revelou novas regras na quinta-feira para limitar acentuadamente os pedidos de asilo ao barrar indivíduos que cruzam a fronteira sul dos EUA ilegalmente de solicitar asilo. "As pessoas têm de entrar nos EUA pelos pontos de entrada", disse Trump antes de viajar a Paris.

Trump concedeu entrevista na Casa Branca.
Trump concedeu entrevista na Casa Branca.
Foto: EPA / Ansa

O plano, que invoca a mesma autoridade usada por Trump para justificar sua proibição de acesso ao país para cidadãos de países de maioria muçulmana, deverá ser rapidamente contestado na Justiça.

A administração Trump teve uma derrota judicial na quinta-feira, quando um tribunal federal de apelos na Califórnia determinou que o governo deve continuar com o Daca, um programa iniciado sob o ex-presidente Barack Obama que protege milhares de imigrantes ilegais que foram trazidos ao país quando crianças, conhecidos como Dreamers.

Trump disse que a decisão sobre o programa Deferred Action for Childhood Arrivals (Daca) era uma boa notícia, porque agora o governo pode recorrer ao caso na Suprema Corte dos Estados Unidos. / REUTERS

Veja também:

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade