PUBLICIDADE

Coates diz que oposição é uma "preocupação", mas Jogos de Tóquio seguirão em frente

8 mai 2021 16h08
ver comentários
Publicidade

Principal autoridade da Olimpíada, John Coates afirmou neste sábado que, embora o sentimento japonês se virando contra os Jogos de Tóquio seja uma "preocupação", ele não projeta um cenário em que o evento esportivo não seguiria em frente.

Dúvidas surgiram sobre a viabilidade de realizar os Jogos em julho e agosto com Tóquio em estado de emergência, com o Japão ainda sofrendo para conter a pandemia de Covid-19.

Coates, autoridade do Comitê Olímpico Internacional (COI) para os Jogos como presidente da comissão de coordenação, disse que não tinha dúvidas de que os Jogos, já adiados em um ano por causa da pandemia, seguiriam em frente como o planejado.

"Absolutamente, seguirá em frente", disse Coates a repórteres, após sediar a reunião-geral anual do Comitê Olímpico Australiano (COA) em Sidney.

"O primeiro-ministro do Japão disse isso ao presidente dos Estados Unidos duas ou três semanas atrás. Ele continua dizendo isso ao COI".

Coates expressou confiança de que o "manual" de exigências sanitárias para todos os participantes, revelado pelos organizadores semana passada, era um "guia para Jogos seguros e bem sucedidos".

Há oposição cada vez maior no Japão contra a realização das Olimpíadas, no entanto, e mais de 230.000 pessoas assinaram uma petição pedindo para que ela fosse cancelada.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade