1 evento ao vivo

Bernie Sanders diz que fica feliz se meme arrecadar milhões para caridade

25 jan 2021
15h30
atualizado às 16h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O senador norte-americano Bernie Sanders, o famoso ranzinza fotografado na posse do presidente Joe Biden de luvas de inverno e cara amarrada por trás da máscara, imagem que se tornou meme instantaneamente, disse no domingo que ficou feliz por ela poder ajudar a arrecadar milhões para caridade.

Bernie Sanders durante a cerimônia de posse do presidente dos EUA, Joe Biden 
20/01/2021
Caroline Brehman/Pool via REUTERS
Bernie Sanders durante a cerimônia de posse do presidente dos EUA, Joe Biden 20/01/2021 Caroline Brehman/Pool via REUTERS
Foto: Reuters

Provocando risos em todo o mundo desde que viralizou, o meme mostra desde as luvas de Sanders tocando a Mão de Deus de Michelangelo na Capela Sistina até o democrata do Vermont ajudando a atriz Demi Moore a moldar barro em uma cena do filme "Ghost - Além da Vida", entre outros.

Indagado pela CNN no domingo se está curtindo o meme tanto quanto o resto do planeta, o político de 79 anos deu um sorriso atípico e disse estar exultante de saber que suas luvas costuradas a mão, sua máscara azul e sua carranca característica podem ser transformadas em ouro para compatriotas necessitados.

"Não somente estamos nos divertindo, mas o que estamos fazendo aqui no Vermont é que venderemos em todo país moletons e camisetas, e todo o dinheiro que será arrecadado - que espero que seja alguns milhões de dólares - irá a programas como o 'Meals on Wheels', que alimenta cidadãos idosos de baixa renda", disse ele.

"Então acaba sendo uma coisa boa, e não somente uma coisa divertida".

Jen Ellis, uma professora do Vermont, contou no Twitter que deu as luvas, que costurou com lã reaproveitada de suéteres, a Sanders dois anos atrás.

Veja também:

Harry revela presente de Natal da rainha Elizabeth a Archie
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade