PUBLICIDADE

Mundo

Ataque a faca deixa ao menos 6 mortos em shopping na Austrália

Governo italiano acompanha situação em Sydney

13 abr 2024 - 09h30
(atualizado às 09h57)
Compartilhar
Exibir comentários

Um ataque a faca em um shopping center em Sydney, na Austrália, deixou ao menos seis mortos e vários feridos, incluindo uma criança, neste sábado (13).

O agressor, identificado como um homem de 40 anos já conhecido pela polícia, foi morto por um agente no centro comercial Westfield Bondi Junction.

Segundo as autoridades locais, "este não é um episódio de terrorismo". "Sabemos algo sobre esta pessoa, mas estamos à espera de confirmar a sua identificação", afirmou a inspetora da polícia local Karen Webb, acrescentando que não pensa que ele tenha tido uma motivação ideológica. "Ou seja, este não é um incidente terrorista".

O incidente ocorreu no amplo complexo do shopping center Westfield Bondi Junction, que estava lotado de compradores na tarde de sábado.

O criminoso encontrou nove pessoas depois de entrar no local às 15h10 (horário local). Conforme relatos da polícia, ele saiu e entrou novamente no shopping às 15h20 antes de realizar seu ataque.

O Serviço de Ambulâncias de Sydney confirmou que ao menos oito pessoas, incluindo uma criança, foram atingidas e levadas ao hospital, informa a emissora australiana ABC.

A sexta vítima do esfaqueamento em massa, uma mulher que faleceu posteriormente no hospital, é mãe do bebê de nove meses, que também ficou ferido e está sendo submetido a uma cirurgia neste momento.

O shopping foi fechado e a polícia pediu às pessoas que evitassem a área. Testemunhas explicou que o pânico eclodiu no local, com compradores correndo em busca de segurança e a polícia tentando proteger a área. Várias pessoas refugiaram-se em um supermercado, onde permaneceram cerca de uma hora.

O primeiro-ministro da Austrália, Anthony Albanese, expressou "choque e consternação" após o atentado. "Para todos nós esta noite, as cenas chocantes em Bondi Junction estão além das palavras e da compreensão", comentou ele.

Imagens das câmeras de segurança transmitidas pela mídia local mostram um homem correndo pelo shopping com uma grande faca e pessoas feridas caídas no chão.

Reação 

O governo italiano anunciou que está seguindo os acontecimentos e garantiu que, até o momento, não há cidadãos de seu país atingidos no ataque.

"Estamos acompanhando a situação na Austrália através da nossa embaixada em Sydney e da nossa unidade de crise. Não há notícias certas, mas, no momento, não há italianos envolvidos", declarou o vice-premiê e ministro das Relações Exteriores da Itália, Antonio Tajani.

Segundo o chanceler italiano, a unidade de crise enviou mensagens como sempre faz a todos os italianos que estão na área para garantir que todos eles possam estar atualizados sobre o que está a acontecer. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade