0

Ataque a comboio da ONU no Congo mata embaixador italiano

Attanasio representava a UE em missão de paz

22 fev 2021
08h20
atualizado às 08h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O embaixador da Itália na República Democrática do Congo, Luca Attanasio, morreu em um ataque contra um comboio da missão da Organização das Nações Unidas no país (Monusco), na cidade de Goma, nesta segunda-feira (22), informaram fontes à ANSA, em notícia confirmada posteriormente pelo Ministério das Relações Exteriores.

Luca Attanasio e um militar italiano morreram no ataque na RDC
Luca Attanasio e um militar italiano morreram no ataque na RDC
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Também um militar da Arma dos Carabineiros que estava no veículo faleceu.

Ainda não se sabe quem realizou o atentado ou qual o motivo, apenas que os carros da comitiva das Nações Unidas foram o alvo.

Segundo as primeiras informações, também o chefe da delegação da União Europeia estava entre os ocupantes do veículo.

A Monusco foi criada em julho de 2010 com a missão de proteger os civis, as entidades humanitárias e defensores dos direitos humanos no país durante o processo de estabilização do governo. A missão é liderada pela representante especial da ONU, Bintou Keita, que há anos trabalha na entidade com foco na África.

A região leste da RDC é considerada bastante problemática por conta da presença maciça de grupos armados das mais diferentes vertentes, que atacam tanto a população civil como as ONGs internacionais que atuam na área para ajudar a fornecer ajuda humanitária. .
   

Veja também:

Covid-19: comitiva brasileira adere à máscara em Israel
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade