0

Coreia do Norte: violações dos direitos humanos preocupam Ban Ki-moon

19 fev 2014
00h32
  • separator
  • comentários

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta terça-feira estar "profundamente preocupado" com as "graves" violações dos direitos humanos na Coreia do Norte denunciadas em uma investigação ordenada pelas Nações Unidas.

Ban "acompanha, seriamente preocupado, os direitos humanos e a situação humanitária na República Popular Democrática da Coreia (RPDC)", informa um comunicado da organização, que utiliza o nome formal do país asiático.

O detalhado e amplo informe, elaborado pela Comissão de Investigação (COI), oferece uma potente crítica do histórico de violações dos direitos por parte de Pyongyang, detalhando assassinatos, escravidão, torturas, detenções abusivos, estupros, abortos forçados e outros atos de violência sexual.

O chefe da ONU "está profundamente preocupado com as conclusões da comissão de investigação sobre os direitos humanos na Coreia do Norte", acrescentou o texto.

A nota afirma ainda que a Comissão "estabelecida pelo Conselho de Direitos Humanos" foi independente da ONU e diz que "se espera que o relatório contribua para elevar a consciência internacional sobre as graves violações desses direitos na RPDC". Também se pede às autoridades norte-coreanas que "colaborem com a comunidade internacional para melhorar o estado dos direitos humanos e as condições de vida de seu povo".

O governo da Coreia do Norte se recusou a cooperar com a comissão e alegou que as provas "foram fabricadas" por forças "hostis".

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • comentários
publicidade