PUBLICIDADE

Andrea Illy recebe prêmio por promover Itália no mundo

24 set 2021 10h59
| atualizado às 11h14
ver comentários
Publicidade

O presidente da illycaffè, Andrea Illy, recebeu nesta sexta-feira (24), em Roma, o Prêmio Leonardo 2019, concedido anualmente a italianos ou estrangeiros que tenham contribuído para a promoção da imagem da Itália no exterior.

O executivo da tradicional marca de cafés foi premiado por seu trabalho como empresário, por sua firme defesa dos stakeholders e por sua responsabilidade corporativa em construir uma sociedade melhor. A cerimônia contou com a participação do presidente da República Italiana, Sergio Mattarella.

"Estou honrado por ter recebido esse reconhecimento tão importante, que é muito gratificante e me encoraja cada vez mais a cultivar meu sonho de uma sociedade que cuida do bem-estar das pessoas e da preservação do ambiente", declarou Andrea Illy.

"O que torna os produtos 'Made in Italy' excelentes - sendo bonitos, bons e bem feitos - caminha de mãos dadas com a construção de um modelo de negócios sustentável que possa gerar valor no presente e preservá-lo para as gerações futuras. Por meio de nosso trabalho na illycaffè, redobrarei meus esforços para promover a imagem da Itália em todo o mundo", acrescentou.

Após a premiação, Illy disse à ANSA que a Itália "pode ser um país líder" e que a sustentabilidade "não é apenas um imperativo, mas também uma razão de vida". Frequentemente definido como um "químico humanista", o executivo conduziu a internacionalização da illycaffè, ao mesmo tempo em que investiu em inovação, cultura e na busca pela qualidade.

Por conta disso, acabou se tornando um embaixador do "made in Italy", participando de diversas ações para promover os talentos italianos em âmbito mundial. Segundo Illy, a felicidade é pré-requisito para uma transição a um modelo socioeconômico mais sustentável e regenerativo.

Em 2019, sua empresa adotou o status de "Benefit Corporation", utilizado por companhias que, além de buscar o lucro, perseguem uma ou mais finalidades em benefício da sociedade e operam de modo responsável, sustentável e transparente.

Já em 2021, se tornou a primeira empresa italiana do setor cafeeiro a receber a certificação B-Corp, dada a companhias que atingem os mais elevados padrões de desempenho social e ambiental, transparência e responsabilidade.

Junto com a Fundação Ernesto Illy, da qual é um dos fundadores, o executivo também apoia numerosos projetos para o desenvolvimento da comunidade do café e a criação de cadeias sustentáveis de valor em países produtores.

Além disso, trabalha na criação de modelos de "agricultura virtuosa" para sequestrar carbono da atmosfera e enriquecer os solos com matéria orgânica, ao mesmo tempo em que cultiva produtos saudáveis.   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade