0

Maduro suspende viagem ao Chile para posse de Bachelet

Chanceleres dos países-membros da União Sul-Americana de Nações participarão de uma reunião nesta quarta-feira para discutir a situação da Venezuela

11 mar 2014
09h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, suspendeu sua viagem ao Chile para assistir nesta terça-feira à posse da socialista Michelle Bachelet como presidente, informaram fontes diplomáticas. "(O presidente Nicolás Maduro) não vai chegar", disse à AFP uma fonte da embaixada da Venezuela.

Presidente Nicolás Maduro discursa para agentes de saúde durante cerimônia de graduação de médicos no Palácio Miraflores, em Caracas, em 10 de março
Presidente Nicolás Maduro discursa para agentes de saúde durante cerimônia de graduação de médicos no Palácio Miraflores, em Caracas, em 10 de março
Foto: Reuters

A chegada de Maduro era esperada com expectativa, num momento em que seu país sofre uma onda de manifestações que já deixaram 20 mortos, um deles uma chilena que faleceu ao ser baleada em um protesto.

Inicialmente, o presidente da Venezuela havia anunciado sua chegada a Santiago na manhã de segunda-feira, mas durante o dia foi atrasando sua saída, até suspendê-la definitivamente.

A cerimônia deve contar com a presença, além de vários presidentes latino-americanos, do vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que no último domingo disse que a situação na Venezuela é alarmante, declarações que foram consideradas uma agressão por parte de Maduro.

Aproveitando a mudança de comando no Chile, e devido à situação na Venezuela, os chanceleres dos países membros da União Sul-Americana de Nações (Unasul) marcaram uma reunião na quarta-feira, 12, para discutir a situação na Venezuela.

O encontro será entre chanceleres, e não entre presidentes, com a intenção de não ofuscar a posse de Michelle Bachelet, que assume seu segundo mandato presidencial não consecutivo nesta terça-feira.

A delegação venezuelana que assistirá à mudança de comando no Congresso chileno será liderada pelo chanceler Elías Jaua.

Veja também:

Coronavírus impede pais de buscarem bebês de barriga de aluguel na Ucrânia
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade