0

Após deixar 22 mortos, tempestade Nate segue para o México

6 out 2017
12h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Moradores observam destruição causada pela tempestade em estrada local
Moradores observam destruição causada pela tempestade em estrada local
Foto: Reuters

Após a tempestade tropical Nate deixar pelo menos 22 mortos na América Central, o fenômeno natural seguiu nesta sexta-feira (6) para a Península de Yucatán, no México.

De acordo com meteorologistas, Nate poderá ainda atingir a costa do Golfo dos Estados Unidos com força de furacão já no próximo fim de semana.

As autoridades de Louisiana decretaram estado de emergência e determinaram que algumas áreas costeiras e ilhas sejam evacuadas antes da passagem de Nate, prevista para domingo (8), na categoria 1. Além disso, plataformas de petróleo offshore no Golfo começaram a ser esvaziadas. Ao passar pela Costa Rica, Nicarágua e Honduras, o fenômeno deixou os três países em estado de emergência. Na Costa Rica, cerca de 400 mil pessoas foram prejudicas com a falta de água e milhares precisaram abandonar suas casas. As autoridades confirmaram sete mortes.

Na Nicarágua, a passagem de Nate causou chuvas constantes por duas semanas. O vice-presidente do país, Rosario Murillo, disse que ao menos 15 pessoas morreram. Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, Nate pode gerar enchentes perigosas, ao lançar de 18 a 25 centímetros de chuva conforme ele avança para Honduras.

Na manhã desta sexta-feira (6), a tempestade chegou a ventos de 75 Km/h e deve se fortalecer ao longo do noroeste do mar do Caribe.

Veja também

 

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade