PUBLICIDADE

Morre o arquiteto Ruy Ohtake, filho de Tomie Ohtake

Arquiteto morreu neste sábado (27) vítima de um câncer de medula, mielodisplasia; seu trabalho tem como características linhas onduladas

27 nov 2021 10h59
| atualizado às 11h14
ver comentários
Publicidade
Foto: Fernando Borges/Terra

Morreu na manhã deste sábado, 27, o arquiteto, aos 83 anos. Ele lutava contra um câncer de medula, Mielodisplasia, e morreu no flat onde morava, na Rua Mauri, em São Paulo. Segundo a sua assessoria, o velório será realizado no próprio apartamento, só para as pessoas mais próximas. e o corpo será cremado no Horto da Paz, às 17h.

Filho da artista plástica Tomie Ohtake e irmão do também arquiteto Ricardo, Ruy nasceu em São Paulo, em 27 de janeiro de 1938, e curou arquitetura na FAU-USP, formando-se em 1960. Teve seu trabalho reconhecido com inúmeros prêmios, como o Colar de Ouro do Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB (2007).

Em seus mais de 60 anos de carreira, Ruy Ohtake assinou projetos marcados por linhas onduladas, que podem ser apreciados pela cidade de São Paulo, como é o caso do Instituto Tomie Ohtake e dos hotéis Unique e Renaissance -, além de ter realizado obras de infraestrutura e equipamentos públicos e privados importantes para várias cidades, a exemplo do Parque Ecológico do Tietê, Expresso Tiradentes e Conjunto Residencial e Polo Educacional de Heliópolis, em São Paulo; Parque Ecológico de Indaiatuba; Aquário do Pantanal, em Campo Grande; Brasília Shopping, em Brasília; Estádio Walmir Campelo Bezzera, em Gama, DF; Embaixada Brasileira em Tóquio.

Estadão
Publicidade
Publicidade