2 eventos ao vivo

#Verificamos: Adélio não cruzou braços com Lula e Dilma

12 nov 2018
19h39
  • separator
  • 0
  • comentários

Circula nas redes sociais imagem que seria de Adélio Bispo de Oliveira, responsável por atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) em setembro, ao lado de petistas como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que essa informação fosse analisada. Confira a seguir o trabalho de verificação feito pela Lupa:

Foto: Agência Lupa

"Olha aí o Adélio Bispo de braços dados com a quadrilha"
Imagem com dezenas de compartilhamentos às 18h desta segunda-feira (12)

FALSO

Adélio Bispo não aparece na imagem. O homem identificado como sendo o agressor de Bolsonaro é, na verdade, João Paulo Rodrigues, dirigente do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). A foto foi originalmente tirada no dia 6 de abril, um dia antes de Lula ser preso pela Polícia Federal. Além de Lula e Rodrigues, também estão na foto o candidato do PT ao governo de São Paulo nestas eleições, Luiz Marinho, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, a ex-presidente Dilma Rousseff e Guilherme Boulos, candidato à Presidência pelo PSOL neste ano.

A foto foi postada pelo PT no Twitter e reproduzida, à época, em diversos portais de notícias (veja aqui e aqui).

Adélio Bispo de Oliveira está preso desde o dia 6 de setembro, quando esfaqueou Jair Bolsonaro durante um ato de campanha na cidade de Juiz de Fora (MG).

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Agência Lupa
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade