PUBLICIDADE

Marcha para Jesus lota praça em SP; evento tem bandeira de Israel e orações para prefeito Ricardo Nunes

Evento contou com oito trios elétricos durante o percurso de 3,5 km e recebe ao longo do dia estrelas da música gospel nacional

30 mai 2024 - 13h09
(atualizado às 21h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Milhares de fiéis participam da 32ª edição da Marcha para Jesus
Milhares de fiéis participam da 32ª edição da Marcha para Jesus
Foto: FELIPE MARQUES/ZIMEL PRESS / Estadão

A 32ª edição da Marcha para Jesus reúne milhares de pessoas nesta quinta-feira, 30, feriado de Corpus Christi, em São Paulo. Desde 10h, uma multidão saiu da estação Luz, no Centro, em direção a praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira (FEB), próxima ao Campo de Marte, na Zona Norte. A reportagem do Terra observou que a praça começou a lotar por volta das 11h.

Apesar do frio que atinge a capital paulista nesta quinta-feira, por volta das 12h o sol começou a sair, dando uma trégua nas baixas temperaturas. O público é diverso: idosos, jovens e até crianças marcam presença no evento religioso.

Orações para Nunes e bandeira de Israel

Bandeiras do Brasil e de Israel na Marcha Para Jesus
Bandeiras do Brasil e de Israel na Marcha Para Jesus
Foto: Marcela Coelho

Embora o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, esteja presente, a reportagem não flagrou faixas ou camisetas com teor político ou apoiando algum candidato. As pessoas optaram por vestir roupas comuns ou então a camiseta azul da Marcha para Jesus.

Também há cartazes com os dizeres ‘100% Jesus’ e uma enorme bandeira de Israel, carregada pelo público durante a caminhada.

Ricardo Nunes acompanhou o evento desde cedo e chegou a se manifestar em alguns momentos, dizendo que “ama Jesus” e também pedindo que a multidão ore pelo Rio Grande do Sul, que enfrenta enchentes históricas por todo o estado.

Ricardo Nunes, prefeito de SP, provoca risos de fiéis ao cantar na Marcha para Jesus:

A professora Luciana Cruz da Silva, de 28 anos, foi pela primeira vez na Marcha de Jesus, acompanhada de seu marido. "Foi muito bom, a gente sente a presença de Deus", relata ela, que diz ter feito orações para o prefeito Ricardo Nunes. "Foi uma oração de agradecimento para ele e também a todas as autoridades, como os policiais que estão aqui", acrescenta em conversa com o Terra.

Luciana foi pela primeira vez na Marcha para Jesus
Luciana foi pela primeira vez na Marcha para Jesus
Foto: Marcela Coelho

Já a cuidadora Vanderléia da Silva, de 45 anos, participa do evento pela 12ª vez. Neste ano, ela preferiu chegar mais cedo. "Cheguei era umas 9 horas, mas fico sempre no mesmo lugar", conta a cuidadora, também equipada com uma barraca infantil, para proteger a neta de 6 anos, e um guarda-sol.

Para Vanderléia, o diferencial da Marcha é a tranquilidade do público. "Eu gosto da união de todo mundo aqui. A gente não vê confusão. É um ambiente aqui, todo mundo é irmão, família, é uma família. Apesar de serem várias igrejas", afirma ela, que é vinculada a uma igreja evangélica.

Vanderléia montou uma barraca infantil para a neta ficar confortável no evento
Vanderléia montou uma barraca infantil para a neta ficar confortável no evento
Foto: Marcela Coelho/Terra

O motorista Alexandre da Silva, de 53 anos, compartilha da mesma sensação que Vanderléia. Ele, que participa da marcha desde as primeiras edições do evento, enaltece a diversidade de denominações de cristãos presentes.

"Eu marcho porque é um evento cristão e a gente vem aqui para glorificar Deus e é bom porque reúne todas as denominações", diz.

O motorista Alexandre da Silva participa da Marcha para Jesus desde as primeiras edições do evento
O motorista Alexandre da Silva participa da Marcha para Jesus desde as primeiras edições do evento
Foto: Marcela Coelho/Terra

Clima tranquilo

Até o começo da tarde desta quinta-feira, a reportagem não flagrou tumultos. O clima na Marcha para Jesus é de tranquilidade. Um policial relatou ao Terra que, até 13h, nenhuma ocorrência tinha sido registrada, apenas de uma pessoa que teve um mal-estar, mas já passa bem.

Atrações

Neste ano, a Marcha para Jesus teve oito trios elétricos durante o percurso de 3,5 km e contou com a participação de 17.250 caravanas de várias partes do País. Segundo os organizadores, esse é o maior número de caravanas da história do evento. A Marcha seguirá até a noite desta quinta-feira. Na praça Heróis da FEB foi montado um palco que recebe ao longo do dia estrelas da música gospel nacional, como Aline Barros, Bruna Karla, Thalles Roberto, grupo Morada e Valesca Mayssa.

O evento foi realizado pela primeira vez no Brasil em 1993, coordenado pelo apóstolo Estevam Hernandes, da Igreja Renascer em Cristo. Em São Paulo, a Marcha tem apoio da Prefeitura da cidade, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da SPTrans/Atende, da São Paulo Turismo e da Polícia Militar.

'Deus não nos escolheu por causa dos nossos méritos', diz Tarcísio em discurso na Marcha para Jesus:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade