PUBLICIDADE

Guilherme Mazieiro

PF prende suspeito de participar do 8.jan após identificar digitais na vidraça do STF

Homem, cuja idade e identidade não foram reveladas, foi preso preventivamente nesta quinta, 9, em Engenheiro Beltrão (PR)

9 nov 2023 - 12h36
Compartilhar
Exibir comentários
Imagem da perícia que encontrou as digitais de homem preso nesta quinta, 9
Imagem da perícia que encontrou as digitais de homem preso nesta quinta, 9
Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federa (PF) prendeu preventivamente nesta quinta-feira, 9, um homem que teria participado dos atos golpistas de 8 de janeiro. O suspeito foi identificado a partir da coleta de impressõe digitais encontradas nas vidraças do Supremo Tribunal Federal (STF), após o ataque. A prisão foi no município de Engenheiro Beltrão (PR). O nome do preso não foi divulgado.

A PF informou que durante as investigações foram "identificados vídeos que flagram a invasão do preso ao prédio do STF, com destaque para uma cena em que ele senta na cadeira de um dos ministros da Suprema Corte".

Segundo a PF, os fatos investigados constituem os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

O mandado de prisão cumprido nesta quinta é parte da Operação Lesa Pátria, que investiga o planejamento, financiamento e execução dos atos de 8 de janeiro.

Fonte: Guilherme Mazieiro Guilherme Mazieiro é repórter e cobre política em Brasília (DF). Já trabalhou nas redações de O Estado de S. Paulo, EPTV/Globo Campinas, UOL e The Intercept Brasil. Formado em jornalismo na Puc-Campinas, com especialização em Gestão Pública e Governo na Unicamp. As opiniões do colunista não representam a visão do Terra. 
Compartilhar
Publicidade
Publicidade