3 eventos ao vivo

Jairo Jorge anuncia coligação ao governo do Rio Grande do Sul e dobra tempo de TV nas eleições 2018

Aliança também terá quatro pré-candidatos à Presidência da República

12 jul 2018
23h05
  • separator
  • comentários

PORTO ALEGRE - O pré-candidato do PDT ao governo do Rio Grande do Sul nas eleições 2018, Jairo Jorge, anunciou nesta quinta-feira, 12, uma coligação de seis partidos que vão compor sua chapa. Além do PV — que indicou o vice de Jairo, o empresário Cláudio Bier — fazem parte da aliança PPL, Podemos, Avante e Solidariedade. Com isso, Jairo deve praticamente dobrar seu tempo no horário eleitoral, passando a ter pouco mais de um minuto de propaganda, segundo o partido.

A aliança, chamada de "Frente o RS tem solução", reúne quatro partidos com pré-candidatos à Presidência da República: Ciro Gomes (PDT), Aldo Rebelo (SD), Alvaro Dias (Pode) e João Goulart Filho (PPL). Isso, segundo Jairo Jorge, não deve causar problema. "Meu candidato é o Ciro, mas não vejo problema em estar coligado com partidos que também possuem candidatos [à Presidência]. Será um orgulho estar ao lado desses nomes. Todos serão bem-vindos", afirmou.

O presidente estadual do PDT, deputado federal Pompeo de Mattos, também afirmou não haver problema em ter outros presidenciáveis na chapa e ressaltou a importância da coligação e do tempo de TV que isso agrega. "É uma coligação que nos dá competitividade, mas também nos dá o tempo de TV e a estrutura necessários para mostrarmos nosso trabalho", disse.

Com a aliança, Jorge terá mais de um minuto no horário eleitoral, fora as inserções ao longo da programação diária de rádio e TV. Sozinho, o PDT possuía por volta de 35 segundos. Conforme Mattos, o partido ainda busca mais alianças e pretende chegar a dez siglas.

O pré-candidato a vice na chapa de Jairo Jorge, Cláudio Bier, elogiou a forma com que ele administrou a cidade de Canoas (2009-2016). "Eu nunca fui político, mas o Jairo me convenceu. Essa é uma aliança nem de esquerda, nem de direita, é para frente", disse.

Palanque

O deputado federal Cajar Nardes (Pode) afirmou que a coligação formada irá eleger Jairo Jorge governador e colocou à disposição o pré-candidato à Presidência Alvaro Dias. "O Alvaro poderá vir aqui no Rio Grande do Sul e pedir votos para o Jairo", disse. Gilberto Beltrame, do PPL, destacou as origens trabalhistas de João Goulart Filho e também afirmou que seu pré-candidato à Presidência pode pedir votos para Jairo Jorge. "Goulart é um trabalhista histórico e nosso candidato pedirá votos para Jairo", disse.

O vereador de Porto Alegre e presidente estadual do Solidariedade, Cláudio Janta, disse que a aliança firmada é uma "forma poderosa de trazer orgulho e dignidade ao gaúcho". Já Tomaz Schuch, presidente estadual do Avante, ressaltou a coligação com Jairo Jorge. "Vamos apoiar muito o Jairo", afirmou.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade