7 eventos ao vivo

Ibope: Kalil sobe e vai a 63% em Belo Horizonte

Eleito pelo PSD, prefeito lidera com folga; em segundo lugar, João Vítor Xavier (Cidadania) tem 8% das intenções de voto

29 out 2020
21h09
atualizado às 21h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), registrou a segunda alta consecutiva este mês na disputa pela reeleição em nova pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira, 29. Com 58% das intenções de voto em 2 de outubro, Kalil foi a 59% em levantamento do instituto do dia 15 e, agora, em nova alta, fora da margem de erro, chegou a 63%.

Alexandre Kalil, prefeito de Belo Horizonte
Alexandre Kalil, prefeito de Belo Horizonte
Foto: Divulgação / Estadão Conteúdo

O segundo colocado é o deputado estadual João Vítor Xavier (Cidadania), que tinha 4% no dia 2, foi a 7% no dia 15 e está com 8% na pesquisa divulgada nesta quinta-feira. A diferença entre os dois candidatos aumentou mesmo com o parlamentar utilizando a maior parte do seu horário eleitoral para criticar o prefeito. Xavier costuma dizer que o prefeito da capital precisa "dialogar mais" com os governos estadual e federal.

O também deputado estadual Bruno Engler (PRTB), que tem a simpatia do presidente Jair Bolsonaro, conforme afirmou o próprio presidente em Brasília na quarta-feira, 28, aparece com 3% na pesquisa divulgada hoje, atrás da deputada federal Áurea Carolina (PSOL), que tem 5%.

Outro deputado federal, Lafayette Andrada (Republicanos), que na propaganda eleitoral afirma ser o "candidato da família Bolsonaro" tem menos de 1%. Nilmário Miranda (PT) tem 2%. Rodrigo Paiva (Novo), Cabo Xavier (PMB) e Luísa Barreto (PSDB) têm 1%.

Além de Lafayette Andrada, Marília Domingues (PCO), Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) , Fabiano Cazeca (PROS), Wanderson Rocha (PSTU), Marcelo Souza e Silva (Patriota) e Wadson Ribeiro (PC do B) não alcançaram 1%.

O Ibope ouviu 1001 eleitores na capital entre os dias 26 e 29 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) sob o número MG 08893/2020.

Veja também:

Patrulha Rural detém dupla com droga em Cascavel
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade