PUBLICIDADE

Justiça rejeita pedido para impugnar candidatura de Agnelo

Os desembargadores do TRE entenderam que não há nada que torne o candidato ao governo do Distrito Federal inelegível

15 ago 2014 - 22h22
(atualizado às 22h26)
Compartilhar
Exibir comentários
<p>Agnelo Queiros foi autorizado pela Justiça a se candidatar ao governo do DF</p>
Agnelo Queiros foi autorizado pela Justiça a se candidatar ao governo do DF
Foto: GDF DIVULGAÇÃO

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) negou nesta sexta-feira, por unanimidade, um pedido de impugnação do registro de candidatura de Agnelo Queiroz (PT) ao governo do Distrito Federal. Os desembargadores entenderam que não há nenhum fato que torne inelegível o candidato à reeleição. Após a decisão, o registro de Agnelo foi autorizado.  

O pedido de impugnação foi feito pela candidata a deputada federal Raquel Costa Ribeiro (PR). No pedido de impugnação, a acusação alegou que Agnelo não apresentou certidões negativas de processos no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e que o atual governador responde as ações de improbidade na Justiça.

A defesa do candidato afirmou que ele está apto a concorrer por ter apresentado todas as certidões negativas e não ter sido condenado em decisão colegiada, conforme previsto na Lei da Ficha Limpa.

Agência Brasil Agência Brasil
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade