PUBLICIDADE

PT diz que Marina "parte para baixaria" e pede resposta

Campanha de Dilma diz que Marina mentiu ao dizer que Dilma foi responsabilizada pela compra da refinaria de Pasadena

24 set 2014 16h49
| atualizado às 17h21
ver comentários
Publicidade
<p>Segundo Rui Falcão, Marina Silva, que divulga uma "nova política", fez um ataque às escondidas "igualando-se às práticas mais obscuras da velha política".</p>
Segundo Rui Falcão, Marina Silva, que divulga uma "nova política", fez um ataque às escondidas "igualando-se às práticas mais obscuras da velha política".
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

A campanha da presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), anunciou nesta quarta-feira que entrou com um pedido de resposta contra Marina Silva (PSB) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por responsabilizar a petista pelo escândalo da compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras. Para o presidente do PT, Rui Falcão, a adversária “partiu para a baixaria”.

Para o PT, a campanha de Marina mentiu ao divulgar que o Tribunal de Contas da União (TCU) responsabilizou a presidente pela compra da refinaria, quando na verdade o órgão isentou a petista no escândalo. Dilma era presidente do Conselho de Administração da Petrobras quando a refinaria foi adquirida, num negócio que acabou custando mais de US$ 1 bilhão.  

“A candidata do PSB excedeu todos os limites de desfaçatez ao atacar a presidente Dilma e o PT. E atacou as escondidas, igualando-se às práticas mais obscuras da velha política. Ela sempre diz que faz debates e não embates, mas ela partiu para a baixaria”, disse Rui Falcão.

No programa eleitoral veiculado na noite desta terça-feira, Marina atacou a presidente Dilma por relação ao escândalo de corrupção na Petrobras e reproduz uma manchete do jornal O Estado de S. Paulo “Relatório do TCU pede que Dilma responda por Pasadena”, que se refere a um relatório do Ministério Público. Dilma foi, no entanto, considerada isenta de responsabilidade.

Para o presidente do PT, a campanha de Dilma age de forma limpa. “Sempre falamos a verdade, sem nos esconder e exibindo fatos e argumentos”, disse. “Ela faz insinuações descabidas, como atribuir responsabilidade à nossa presidenta por nomeações e indicações de malfeitos. Ao contrário dela, listamos 10 casos de diretores de superintendentes do Meio Ambiente demitidos por improbidade administrativa e malversação de recursos públicos quando ela era ministra. Em nenhum momento atribuímos responsabilidade a ela”, disse.

A campanha de Dilma também entrará com um pedido de resposta contra o candidato Aécio Neves (PSDB), que acusou o governo em seu programa de não entregar obras enquanto banca um porto em Cuba. No início da entrevista coletiva, ao falar das ações, Rui Falcão anunciou que entraria com dois pedidos de direito de resposta, mas só falou do contra Marina. Questionado qual seria o segundo, sorri: “o mais grave realmente é o da candidata do PSB”.

Coligações e tempo de TV Coligações e tempo de TV

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade