PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

"Bolsonaro é o principal cabo eleitoral de Lula", diz Soraya

Candidata questionou se Padre Kelmon não tem medo de ir para o inferno ao defender o governo Bolsonaro após mortes na pandemia

29 set 2022 - 23h15
(atualizado em 30/9/2022 às 03h00)
Compartilhar
Exibir comentários
Os candidatos à Presidência Padre Kelmon e Soraya Thronicke brigam durante debate
Os candidatos à Presidência Padre Kelmon e Soraya Thronicke brigam durante debate
Foto: TV Globo

Soraya Thronicke, candidata filiada ao União Brasil, afirmou que o presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), é o maior cabo eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por falas do chefe do Executivo contra o oponente. A fala da candidata foi dada durante um embate dela com o Padre Kelmon (PTB), durante debate da TV Globo, nesta quinta-feira, 29. 

"Bem se vê que depois do Auxílio Emergencial o senhor arrumou emprego de cabo eleitoral do Jair Bolsonaro, que por sua vez é o cabo eleitoral do candidato Lula, porque quem está colocando Lula na liderança é inegável que é Bolsonaro", disse ela a Kelmon. 

Logo que chamou Padre Kelmon para responder sua pergunta, a candidata errou o nome dele e o chamou de "Kelvin", sendo corrigida de imediato pelo candidato. 

Na chegada dele ao púpito, Soraya primeiro o questionou sobre as milhares de mortes na pandemia. "O senhor sabia que poderíamos ter salvado mais pessoas se não tivesse faltada a vacina. Não tem vergonha de defender um governo desse?", questionou ela. 

O padre então afirmou que ela fazia falsas promessas ao falar em imposto único. "Quem tem que se arrepender é a senhora que mente sobre esse imposto único. Você, eleitor, precisa ficar bem atento a esse tipo de proposta de candidatos falaciosos. Reduza o tamando do Estado, deixe ele pequeno, e aí sim vai sobrar dinheiro", afirmou ele, já exaltado. 

Em seguida, foi o momento em que candidata o acusou de ser cabo eleitoral do Bolsonaro e voltou a questioná-lo por apoiar o presidente mesmo com tantas mortes na pandemia. "Eu vim dizer que temos milhares de mortos por covid, orfãos, que até agora esperam ajuda do governo. O senhor não tem medo de ir para o inferno, não?", perguntou a candidata, se referindo ao fato dele defender o Governo Federal. 

Irritado, o padre chegou a interrompê-la diversas vezes durante a pergunta e precisou ser contido pelo apresentador William Bonner. Por fim, ele afirmou: "Vocês falam tanto de covid, só se morre de covid nesse País? Medo de ir para o inferno não tenho, porque todos os dias pratico o evangelho, o que a senhora não sabe o que é. Se soubesse, não desrespeitaria um padre", afirmou, mais uma vez exaltado. 

Soraya Thronicke (União) questiona Padre Kelmon (PTB):
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade