0

Aécio processa Dilma por dizer que ele não respeita mulheres

Em nota, o PSDB afirma que o PT age “maliciosamente e com mentiras”, ao acusar Aécio de ser “intolerante com o gênero feminino”

18 out 2014
18h42
atualizado às 18h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, entrou com uma representação na Procuradoria Geral Eleitoral contra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, por ter acusado o tucano de agir com agressividade contra pessoas do sexo feminino - no caso, Dilma e a candidata do Psol no primeiro turno da eleição presidencial, Luciana Genro.

<p>Discussão entre Aécio Neves (PSDB) e Luciana Genro (Psol) durante o debate da Globo foi suado em vídeo da propaganda do PT</p>
Discussão entre Aécio Neves (PSDB) e Luciana Genro (Psol) durante o debate da Globo foi suado em vídeo da propaganda do PT
Foto: Ale Silva / Futura Press

Em nota enviada à imprensa, o PSDB afirma que o PT age “maliciosamente e com mentiras”, ao acusar Aécio de ser “intolerante com o gênero feminino”.

A legenda apresentou o processo por “injúria e difamação” contra Dilma. Um dos motivos seria uma propaganda da campanha petista. Em um trecho, o vídeo mostra Aécio discutindo com Luciana Genro no debate da Rede Globo de forma mais ríspida.

“Mais uma vez, a candidata Dilma Rousseff age de forma leviana, transformando o que deveria ser a discussão de propostas em ato de terrorismo eleitoral”, aponta o documento. “O uso da mentira e dos ataques pessoais como instrumento de denegrir a reputação de seus adversários já se tornou uma marca de Dilma Rousseff nestas eleições”.

Na nota, o PSDB ainda afirma que este tipo de ataque do PT atingiu a “imagem e história” de Marina Silva. Derrotada no primeiro por Dilma e Aécio, e hoje considerada “companheira” do candidato tucano no segundo turno das eleições.

Cenário presidencial
Após o primeiro turno das eleições ocorrido no domingo, 5 de outubro, ficou definido que a disputa para a Presidência da República terá segundo turno entre os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Dilma obteve 41,59% dos votos, ficando à frente de Aécio, que termina o primeiro turno com 33,55%.

A candidata do PSB Marina Silva deixou a corrida presidencial com 21,32% dos votos, em terceiro lugar.

Nas disputas aos governos, 13 Estados e o DF enfrentarão segundo turno. Outras 13 unidades da federação escolheram seus governadores no primeiro turno.

Veja o cenário eleitoral nos estados Veja o cenário eleitoral nos estados

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade