Vale a pena fazer licenciatura?

Faça um teste rápido e veja se a licenciatura é o tipo de curso ideal para você!

19 jul 2017
21h02
  • separator
  • comentários

Faça um teste rápido e veja se a licenciatura é o tipo de curso ideal para você!

Dar aula é a atividade número um do licenciado. Por mais que ele possa optar por trabalhar em outras frentes, terá que encarar essa tarefa por algum tempo
Dar aula é a atividade número um do licenciado. Por mais que ele possa optar por trabalhar em outras frentes, terá que encarar essa tarefa por algum tempo
Foto: Guia da carreira

A licenciatura é um curso superior voltado principalmente à formação de professores para o ensino fundamental e o ensino médio, em escolas públicas e privadas.

É bastante popular no Brasil há muito tempo. Tanto é que a licenciatura mais famosa do Brasil, Pedagogia, está entre os cursos que mais têm estudantes matriculados: quase 650 mil, de acordo com o mais recente Censo da Educação Superior.

Só que as licenciaturas vão muito além da Pedagogia. As opções são muitas, desde Artes até Turismo, passando por aquelas matérias clássicas que a gente vê na escola - Português, Ciências, Educação Física, Matemática, Geografia, etc.

Bateu aquela dúvida se vale a pena fazer uma licenciatura? Vamos propor um teste bem rápido. Se você responder sim à maioria das questões abaixo, então esse tipo de curso tem grandes chances de ser o ideal para você.

Vamos lá?

Você gosta da ideia de ser professor?

Dar aula é a atividade número um do licenciado. Por mais que ele possa optar por trabalhar em outras frentes, terá que encarar essa tarefa por algum tempo -já começa na segunda metade do curso, durante os estágios supervisionados.

Se você gosta da ideia de ensinar, portanto, já tem meio caminho andado para fazer uma licenciatura. Se ainda não sabe, vamos ajudá-lo a entender melhor:

-As licenciaturas são focadas no ensino. Durante os estudos, os alunos vão conhecer a fundo o tema do curso escolhido (Química, Física, Pedagogia, Letras, Educação Física, etc.) e, junto a isso, terão uma série de disciplinas sobre didática, metodologias de ensino, políticas educacionais, gestão escolar e por aí vai.

-Os cursos duram entre 3 e 4 anos e podem ser feitos em diferentes modalidades (presencial ou a distância).

-Há uma diversidade enorme de licenciaturas disponíveis no Brasil.

-O mercado de trabalho para professores em geral é bom, com oportunidades na rede pública e particular.

Gosta de estudar?

Se ensinar é a principal função da licenciatura, estudar é tão importante quanto. É por meio de bastante estudo, atualização, novas informações, pesquisa por novos métodos de ensino, etc., que o professor se aprimora e vai avançando na carreira - além, é claro, de aumentar suas possibilidades de conseguir salários maiores.

Portanto, fazer uma licenciatura significa estudar sempre, todos os dias, pelo resto da vida. É um hábito comum aos grandes professores.

Se você gosta de estudar, já pode somar mais um ponto a favor das licenciaturas. Se não é muito a fim, dê uma olhada no próximo tópico e decida.

Prefere estudar de maneiras diferentes?

Quando a gente fala em estudar, não está se referindo apenas àquele modelo tradicional em que o aluno (ou o profissional) passa horas e horas com a cara enfiada no livro, sentado na biblioteca ou na sala de aula.

Hoje, com a tecnologia e o avanço das metodologias de ensino, a gente já pode estudar de maneiras diferentes, mais dinâmicas e interessantes. Fazer um curso a distância é uma delas.

Nas licenciaturas EAD o aluno pode estudar de onde quiser, no seu próprio tempo (desde que respeite as datas de entrega, claro). Para isso, basta um computador com conexão à internet.

As aulas acontecem em um ambiente virtual de aprendizagem oferecido pela própria universidade. Lá os alunos assistem às aulas virtuais, realizam atividades didáticas, tiram dúvidas com professores e tutores, conversam com outros alunos, acessam livros, apostilas e animações sempre que quiserem.

Além de tudo isso, ainda dá para conciliar o curso com o emprego e outras atividades.

É para quem gosta de estudar de maneira diferente, com maior autonomia e flexibilidade! O melhor de tudo: os cursos a distância estão cada vez mais populares, as mensalidades são mais em conta do que as dos cursos presenciais e o diploma é reconhecido no mercado de trabalho.

Pretende investir em pós-graduações?

Uma das maneiras de crescer no mercado educacional é investindo em pós-graduações. Entenda melhor:

-Com uma especialização, por exemplo, o profissional pode dar um passo adiante na carreira e sair na frente na disputa por uma vaga de emprego.

-Se investir em um mestrado, então, já pode ser professor de curso superior em universidades privadas.

-Com um doutorado, o céu é o limite: além das faculdades privadas, doutores podem atuar nas universidades públicas (especialmente as federais), com uma carreira estável e mais bem remunerada (para isso, o caminho é passar em um concurso público).

Se uma pós-graduação já está nos seus planos, então anote aí mais um ponto a favor da licenciatura.

Gosta de lidar com pessoas?

Lidar com pessoas de todas as idades é um pré-requisito inegociável para quem quer se dar bem no campo da docência.

É que durante sua trajetória profissional muitos licenciados vão passar pelo ensino infantil, jovem e adulto. Ensinar é, antes de tudo, saber se comunicar com cada um desses públicos.

Portanto, fique sabendo: lidar com gente é fundamental para quem quer ser um bom professor. Se você tem facilidade de comunicação, gosta de debater e transmitir conhecimento, então é mais um ponto a favor. Vá fazendo a soma.

Que tipo de emprego você procura?

Aqui temos uma boa notícia. Embora formem profissionais para o ensino, as licenciaturas oferecem um campo de trabalho bem mais amplo que isso - especialmente para quem investe em cursos de pós-graduação.

Conheça alguns lugares além da sala de aula onde o professor pode atuar:

-Administração escolar
-Ensino a distância
-Centros de pesquisa
-Editoras
-Consultorias especializadas
-Institutos de pesquisa
-Serviço público

Algumas formações específicas permitem ao profissional arranjar emprego em outros locais, como:

-Bancos e instituições financeiras
-Empresas de informática
-Laboratórios de inovação
-Empresas de pesquisa e estatística
-Empresas de engenharia
-Treinamento corporativo
-Indústria farmacêutica
-Tradução
-Academias de ginástica

Está decidido a fazer uma licenciatura? Escolha a sua!

São tantas e tantas opções de licenciatura que a gente até se perde na lista. Para facilitar, separamos algumas das mais comuns para você:

-Artes (Cênicas, Plásticas, Arte-educação, Visuais, Dança, Música, Teatro)
-Biologia
-Ciência da Computação
-Ciência da Religião
-Ciências
-Ciências Agrícolas
-Ciências da Natureza
-Ciências Humanas
-Ciências Sociais
-Educação Especial
-Educação Física
-Filosofia
-Física
-Geografia
-História
-Informática
-Letras (Francês, Inglês, Espanhol, Alemão, Literatura, Libras, Português, etc.)
-Matemática
-Pedagogia
-Química
-Sociologia
-Turismo

Descubra onde estudar licenciatura

O requisito número um para fazer uma boa licenciatura é verificar se a instituição de ensino escolhida é reconhecida e bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC). É o que garante a validade do diploma em todo o território nacional, seja para buscar um emprego ou para seguir os estudos em uma pós.

As licenciaturas estão disponíveis em praticamente todas as faculdades públicas e privadas pelo Brasil. É só procurar que você acha uma pertinho da sua casa - ou, se preferir, pode buscar um polo de apoio presencial para estudar a distância.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos de licenciatura em diversas especialidades:

-Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
-Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
-Universidade de Franca (UNIFRAN)
-Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

-União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME)
-Faculdade Pitágoras

-Universidade Estácio de Sá

Veja também:

O que é Bacharelado?

Qual profissão seguir?

Saiba como escolher a sua profissão

Guia da carreira

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade