Inep divulga gabarito oficial do Enem; confira

Nota final do candidato não corresponde ao número de acertos, pois exame segue o modelo da Teoria de Resposta ao Item

27 jan 2021
17h50
atualizado às 17h54
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) divulgou nesta quarta-feira, 27, o gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. As respostas estão disponíveis no portal do Inep. A versão impressa do exame foi aplicada nos últimos dois domingos, 17 e 24 de janeiro. As notas finais de todos os candidatos do Enem 2020, seguindo a Teoria de Resposta ao Item (TRI), serão disponibilizadas em 29 de março.

Inep divulga gabarito oficial do Enem; confira
Inep divulga gabarito oficial do Enem; confira
Foto: Folha Dirigida

Ao conferir as respostas, é importante que o candidato atente-se ao gabarito que corresponde à cor de sua prova. Na correção oficial, feita pelo Inep, o estudante que preencheu incorretamente a cor do caderno de questões não será prejudicado, de acordo com o instituto.

O Enem conta com 180 questões de múltipla escolha nas áreas de Ciências Humanas, Linguagens, Ciências da Natureza e Matemática, e uma redação dissertativa. Nesta edição, a Redação teve como tema "O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira".

Teoria de Resposta ao Item (TRI)

O número de acertos feito pelo candidato não equivale à sua nota final. Na correção do Enem, o Inep utiliza uma modelagem estatística que busca evitar 'chutes' nas respostas. A Teoria de Resposta ao Item (TRI), usada na correção, leva em conta a coerência nas respostas do aplicante.

Uma prova é considerada mais coerente quando o candidato acerta questões fáceis e erra difíceis do que o oposto - quando erra questões fáceis, mas acerta as difíceis. Desse modo, dois estudantes que acertam o mesmo número de questões podem ter notas distintas.

O Estadão listou ferramentas que permitem uma simulação extraoficial das notas do Enem. Confira aqui.

Enem 2020

No próximo domingo, 31, quase 100 mil candidatos farão a primeira edição do Enem Digital. A aplicação do exame ocorre em locais de prova determinados pelo Inep.

A edição impressa do Enem contou com uma abstenção recorde de 55,3% - mais de 3 milhões de inscritos não compareceram. Candidatos que se sentiram prejudicados por problemas logísticos, como os que foram impedidos de realizar o exame por superlotação das salas, ou que tiveram doenças infectocontagiosas, como a covid-19, podem solicitar reaplicação do exame até esta sexta-feira, 29.

A reaplicação do Enem 2020 está prevista para ocorrer nos dias 23 e 24 de fevereiro. Na mesma data, o exame será aplicado para candidatos do Amazonas e de dois municípios de Rondônia, Espigão d'Oeste e Rolim de Moura, onde o Enem foi adiado por causa da crise sanitária. O Enem PPL, para Pessoas Privadas de Liberdade, também será nesses dias.

Veja também:

Os heróis que mantiveram a educação caminhando em 2020
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade