PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Dia Nacional do Livro Infantil: professora incentiva leitura desde cedo

Hoje, Dia Nacional do Livro Infantil, professora enfatiza importância de incentivar crianças a lerem desde cedo

18 abr 2024 - 00h19
(atualizado às 17h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Professora Flavia Galvani com seus alunos/
Professora Flavia Galvani com seus alunos/
Foto: divulgação Oficina do Estudante / Brasil Escola

"Os livros infantis e o incentivo à leitura proporcionam muitos impactos positivos às crianças", defende professora dos anos iniciais da educação infantil. A afirmação é ainda mais enfatizada hoje, 18 de abril, quando é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil.

O Dia Nacional do Livro Infantil foi criado em 2022 e tem como objetivo homenagear, valorizar e celebrar a Literatura Infantil brasileira e seus mais diversos autores. 

Por que o Dia Nacional do Livro Infantil é em 18 de abril?

O Dia Nacional do Livro Infantil foi criado pela Lei no 10.402, de 8 de janeiro de 2002: "Art. 1o Fica instituído o Dia Nacional do Livro Infantil, a ser comemorado, anualmente, no dia 18 de abril, data natalícia do escritor Monteiro Lobato".

Sendo assim, a data foi escolhida para homenagear o escritor Monteiro Lobato, considerado o pioneiro, o pai da literatura infantil brasileira.

Monteiro Lobato foi um escritor brasileiro pré-modernista. Conforme este artigo, suas obras para adultos são marcadas pela crítica política. Porém, ele é mais conhecido por seus livros infantis.

O autor, que faleceu em 4 de julho de 1948, na cidade de São Paulo, faz parte do pré-modernismo e escreveu obras marcadas pelo realismo social, nacionalismo e crítica sociopolítica. Já seus livros infantis da série Sítio do Picapau Amarelo possuem traços da literatura fantástica, além de apresentarem elementos folclóricos, históricos e científicos.

Qual você já leu? Conheça os livros escolhidos pelos famosos Qual você já leu? Conheça os livros escolhidos pelos famosos

Importância da leitura 

Flavia Cristina Galvani, professora do 1º ano do Ensino Fundamental Anos Iniciais da Unidade Taquaral do Colégio Oficina do Estudante revela que a leitura é indispensável em todas as faixas etárias. Segundo ela, as pessoas leem muito antes de aprender o que é um sistema de escrita. 

Segundo a profissional analisa, ler para um bebê, por exemplo, pode trazer incontáveis benefícios, tais como: reconhecimento de sons, palavras e padrões de linguagem, o que é fundamental para o desenvolvimento da fala.

"A leitura amplia e proporciona uma série de interações e experiências sensoriais que contribuem para o seu desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças"

Flavia Cristina Galvani

Importância dos livros infantis 

Para a professora, os livros infantis e o incentivo à leitura proporcionam muitos impactos positivos às crianças, e esses impactos geram segurança, um fator primordial para que as crianças façam suas tentativas.

Veja abaixo alguns motivos para as crianças lerem livros infantis:

  • Possibilita trabalhar a imaginação;

  • Cria laços com a história e os personagens que aparecem no livro;

  • Desenvolve habilidades visuais, auditivas, táteis e motoras;

  • Trabalha pontos como saber ouvir, ver e manusear um livro;

  • Proporciona confiança e segurança.

Leitura em sala de aula

Flavia comenta que, ao passar uma página, a criança já trabalha um movimento importantíssimo que será fundamental para que pegue corretamente no lápis.

"Com a leitura, há ampliação de repertório, há construção da interpretação de narrativas, há contato com rimas, as parlendas, desenvolvimento de mundo, percepção de diferentes imagens"

Flavia Cristina Galvani

A profissional lembra que, quando realiza leitura em sala de aula, as crianças desenvolvem habilidades como esperar a vez para falar, postura e atenção, por exemplo.   

"Essas são habilidades que, gradualmente, conseguimos observar sendo construídas e tudo isso ajuda no desenvolvimento global das crianças", revela Flávia.

Segundo a professora, no momento da leitura em sala de aula, são desenvolvidos vínculos afetivos com as crianças, tais como: contato físico e visual, a suavidade da voz, a preparação do ambiente, a escolha da história e como são as imagens.

Crédito da imagem:

[2] Divulgação Oficina do Estudante 

Por Silvia Tancredi

Jornalista

Brasil Escola
Compartilhar
Publicidade
Publicidade