PUBLICIDADE

Colapso de mina em Maceió: relembre outros desastres ambientais no Brasil

O colapso da mina da Braskem em Maceió é considerado um desastre ambiental. No Brasil, ocorreram outras tragédias ambientais que causaram muitos impactos.

5 dez 2023 - 15h26
(atualizado às 15h32)
Compartilhar
Exibir comentários

O colapso da mina da Braskem em Maceió é considerado um desastre ambiental. No Brasil, ocorreram outras tragédias ambientais que causaram muitos impactos, como, por exemplo, nas cidades mineiras de Mariana e Brumadinho.

Foto: Brasil Escola

Para o professor de geografia do colégio e curso Oficina do Estudante, o colapso da mina em Maceió é, lamentavelmente, mais um exemplo de crime ambiental no Brasil, assim como foi nas cidades de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais. 

Na opinião do professor, não são acidentes, são crimes ambientais, porque as empresas, essas grandes companhias mineradoras, assim como em desastres de vazamento de petróleo, como ocorridos no Golfo do México e no Alasca, sabem dos riscos envolvidos e sabem do potencial desse tipo de evento acontecer.

"Muitas vezes, as empresas agem com negligência e não utilizam as estratégias necessárias para evitar acidentes, porque são caras. E a indenização, depois de uma catástrofe desse tipo, acaba sendo "mais barata" do que o investimento para evitar que os problemas aconteçam", analisa.

Relembre desastres ambientais no Brasil

Acidente na cidade de Mariana (MG) - 2015

No dia 05 de novembro de 2015, a barragem de Fundão da mineradora Samarco, controlada pela Vale e pela BHP Billiton, rompeu-se, causando uma grande enxurrada de lama.

A lama devastou o distrito de Bento Rodrigues, no município de Mariana, em Minas Gerais, destruindo casas e ocasionando a morte de 19 pessoas, incluindo moradores e funcionários da própria mineradora. Além das perdas humanas e materiais, a lama que escapou em razão do rompimento das barragens provocou um grave impacto ambiental.

Rompimento da barragem em Brumadinho - 2019

O rompimento da barragem da Vale (mineradora multinacional brasileira) em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, no início da tarde do dia 25 de janeiro de 2019, causou uma grande avalanche de rejeitos de minério de ferro. A Barragem 1 da Mina Córrego do Feijão desabou, e a lama atingiu a área administrativa da Vale, bem como a comunidade da Vila Ferteco, deixando um grande rastro de destruição e dezenas de mortes.

No momento do acidente, as sirenes de alerta não foram tocadas, o que contribuiu para o grande número de mortes nessa tragédia, uma vez que as pessoas não foram avisadas para adotar os procedimentos de segurança. O alarme provavelmente não tocou em razão da rapidez em que tudo aconteceu.

Por Silvia Tancredi

Jornalista

Brasil Escola
Compartilhar
Publicidade
Publicidade