PUBLICIDADE

Funcionário usa e-mail de despedida para atingir meta do mês: 'Demissão monetizada'

Profissional viralizou nas redes sociais nesta semana após compartilhar a história

2 jun 2023 - 12h43
(atualizado às 14h18)
Compartilhar
Exibir comentários
Funcionário usa e-mail de despedida para atingir meta do mês
Funcionário usa e-mail de despedida para atingir meta do mês
Foto: Reprodução/Twitter/@_fepi1914

Um profissional viralizou nas redes sociais nesta semana após contar que foi demitido, mas no e-mail de despedida para a empresa conseguiu bater a sua meta de vendas do mês. "Caí sim, mas caí mostrando o que perderam. Monetizei minha demissão", diz o analista de marketing e comercial Fernando Pinheiro na publicação no Twitter.

Em entrevista ao Pequenas Empresas e Grandes Negócios, ele contou o que aconteceu. Segundo Pinheiro, ao saber do seu desligamento do Magalu, ele resolveu enviar um e-mail de despedida para 807 colaboradores da empresa e adicionou um cupom de 25% de desconto para compras. 

"O objetivo era fazer algo diferente, já que as pessoas da empresa têm a cultura de enviar uma mensagem se despedindo. Decidi usar meu lado mais criativo e bem-humorado para me destacar mesmo na saída", afirmou.

Tweet de Fernando Pinheiro
Tweet de Fernando Pinheiro
Foto: Reprodução/Twitter/@_fepi1914

De acordo com Pinheiro, a meta do mês já estava próxima de ser batida, e isso só ajudou a concluir o trabalho. Segundo o profissional, os diretores da companhia também receberam a mensagem e chegaram a questionar à ex-gestora dele sobre a procedência do cupom e qual foi a intenção com isso. 

Após viralizar, o profissional fez uma nova publicação, só que no seu perfil do LinkedIn. "Postei esperando ajuda e apoio dos meus amigos e acabei viralizando e espalhando minha ideia para todo Brasil. (...) Vendi e ajudei a empresa até após minha demissão? Sim! Chamo isso de legado, deixei minha marca na companhia e uma porta aberta. Não sabemos o dia de amanhã, não é mesmo?", escreveu.

Publicação de Fernando Pinheiro no LinkedIn
Publicação de Fernando Pinheiro no LinkedIn
Foto: Reprodução/LinkedIn/Fernando Pinheiro da Silva

Ao Pequenas Empresas e Grandes Negócios, ele contou também que, depois de compartilhar a história, passou a receber muitas propostas de emprego. "Se tivesse aceitado a demissão em silêncio e apenas atualizar meu currículo seria só mais um trabalhador procurando recolocação no mercado de trabalho", pontuou. O Magalu informou ao Terra que não vai se posicionar sobre o caso.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade