PUBLICIDADE

Como recusar uma proposta de trabalho

A tarefa pode ser um verdadeiro desafio no mundo corporativo. Especialista dá dicas sobre qual é a melhor forma

22 jun 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Tarefa pode ser um verdadeiro desafio no mundo corporativo. Especialista dá dicas sobre qual é a melhor forma
Tarefa pode ser um verdadeiro desafio no mundo corporativo. Especialista dá dicas sobre qual é a melhor forma
Foto: Reprodução/Getty Images

A recusa de uma proposta de trabalho pode ser um desafio, pois dependendo de como for feita, pode garantir ou não uma oportunidade naquela empresa no futuro. Visando manter as “portas abertas”, mas garantindo que a mensagem seja clara, há algumas dicas que o candidato pode seguir.

Segundo a psicóloga e mentora de carreiras Sandra Moraes, após pensar sobre a oportunidade e considerar os prós e os contras, apostar na comunicação clara é, de longe, a melhor dica que um profissional pode seguir. Porém, sempre mantendo a educação e a postura exigida em espaços de trabalho. 

“O mínimo é: ‘Agradeço pelo contato, mas não tenho interesse neste momento’. Dependendo de quem faz a abordagem, podemos ter outras respostas um pouco mais estratégicas”, explica Sandra ao Terra.  

Demonstre gratidão por você ter sido considerado entre os candidatos para a oferta e, em seguida, recuse de forma educada. “Você pode responder para essa pessoa: ‘Eu agradeço pela oportunidade, mas essa posição especificamente não faz sentido para mim neste momento’”, exemplifica.

De acordo com a especialista, a resposta deixa claro quais desafios e etapas você almeja para a sua carreira e, no futuro, possam te indicar para um cargo que faça mais sentido como o que você deseja. 

“Se aparecer uma outra vaga um pouco mais sênior ou direcionada para aquilo que você quer da carreira nesse momento, ela [profissional de RH] vai lembrar de você, porque você é uma pessoa educada, que respondeu e disse exatamente o que queria”, pontua.

Outra dica oferecida por Sandra é dizer também o que você gostaria em uma vaga para torná-la atraente. Por exemplo, quando a questão é salarial. “[Você pode dizer] ‘Estou bem onde eu estou hoje. Para que eu topasse uma conversa ou alguma coisa assim, teria que ter uma faixa salarial a partir de X. Faz sentido?’”, exemplifica a especialista. 

Da mesma forma que temos dicas sobre o que fazer, também há atitudes que devemos evitar. Sandra pontua que há profissionais que sequer respondem ao contato do recrutador após receberem uma oferta melhor. Além de ficar com fama de “mal-educado”, pode fechar uma porta, que talvez possa precisar no futuro. 

“É muito baseado na educação e em como respondemos ali para aquela pessoa. Mesmo por texto, pois dá a sensação de ‘estou te ajudando aqui, tá?’ Estamos indo juntos’, ‘não estou sendo grosso ou algo parecido’”, conclui.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade