PUBLICIDADE

Farmácia em Curitiba (PR) reforça ações de prevenção e conscientização no Dia Mundial do Diabetes

Objetivo da iniciativa é auxiliar na redução da ocorrência da doença, uma das que mais cresce no mundo

20 nov 2018 14h01
ver comentários
Publicidade

Para lembrar o Dia Mundial do Diabetes, comemorado nesta quarta-feira (14), aconteceu na última terça-feira (13), a quarta edição do Dia Mundial do Diabetes - São Domingos, realizado pela Farmácia São Domingos , em Curitiba (PR). O intuito da iniciativa é conscientizar a população sobre os riscos da doença e suas consequências. Durante todo o dia, profissionais ficaram disponíveis para realizar testes gratuitos de glicose, medição de pressão arterial e fornecimento de orientações sobre como prevenir a diabetes à comunidade. Vale destacar que a farmácia oferecerá esse serviço ao longo de todo o mês de novembro para seus clientes e moradores da cidade.

Foto: Divulgação / DINO

A diabetes é uma das doenças que mais cresce no mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma em cada 11 pessoas tem a doença. De acordo com o Ministério da Saúde, na última década, houve um aumento de mais de 60% de ocorrência do diabetes no Brasil. Segundo Ricardo Cezar Colauto, farmacêutico especializado em diabetes, muitas pessoas são portadoras da doença e não têm conhecimento disso, devido à falta de controle glicêmico. "É fundamental realizar exames periódicos de glicose para manter o controle desse índice, evitando a ocorrência da doença".

Mobilização mundial

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e Organização Mundial da Saúde (OMS), em resposta a preocupações com crescentes diagnósticos de diabetes no mundo. O Dia Mundial do Diabetes tornou-se um dia oficial das Nações Unidas em 2006 com a aprovação da Resolução das Nações Unidas 61/225.

É a maior campanha de conscientização sobre diabetes do mundo, atingindo uma audiência global de mais de 1 bilhão de pessoas em mais de 160 países. A campanha chama a atenção para questões de primordial importância para o mundo do diabetes e mantém o diabetes firmemente no foco público e político.

Tipos

Considerada uma doença metabólica, o diabetes pode ser classificado em duas categorias: tipos 1 e 2. A primeira modalidade está ligada ao sistema autoimune. As células responsáveis pela defesa do organismo atacam outras, que são capazes de sintetizar insulina. A doença aparece geralmente na infância e adolescência, mas pode também ser diagnosticada na idade adulta. O tratamento é feito em conjunto, aliando reposição de insulina, medicamentos, controle alimentar e rotina de atividades físicas, o que ajuda a controlar o nível de glicose no sangue.

Já no tipo 2 - que concentra a maior incidência de casos - o organismo não produz insulina suficiente para administrar a taxa de açúcar no sangue. E o açúcar não é o principal vilão, mas sim o excesso de peso. E o tratamento segue uma prescrição semelhante ao tipo 1 - com exceção da aplicação de insulina, adotada somente em alguns casos - com alimentação balanceada, medicação e exercícios físicos constantes.

Sintomas

- Urinar em excesso
- Falta de energia
- Perda de peso
- Aumento da sede
- Aumento da fome
- Fraqueza
- Cansaço
- Desânimo
- Tontura

Consequências

A falta de controle adequado da diabetes pode gerar uma série de consequências, como problemas vasculares, insuficiência renal e a retinopatia diabética, que pode comprometer a visão.

Alimentação

A alimentação saudável é uma das alternativas mais eficazes para prevenir o diabetes tipo 2. Segundo a Federação Internacional do Diabetes, um estilo de vida saudável pode prevenir em até 70% a ocorrência da doença. Uma dieta rica em vegetais, legumes, frutas, castanhas, carnes brancas devem fazer parte da rotina de todas as pessoas que lutam com a glicose nas alturas.



Website: https://diabetes.maxifarmabacacheri.com.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade