1 evento ao vivo

Crescimento dos usuários multiplataforma faz negócios inovarem

25 abr 2017
10h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Quantas vezes já escutamos que hoje as empresas devem considerar as tecnologias mobile como a principal forma de interação com seus clientes? Essa é uma afirmação válida considerando que o consumo de dados digitais praticamente dobrou entre 2013 e 2017 em plataformas mobile (de acordo com estudo da comScore). No entanto, há uma outra tendência que tem feito o mercado repensar algumas estratégias.

Foto: DINO

Para alguns líderes da indústria da tecnologia, como Paul Adams, VP de produto da Intercom, o princípio de oferecer conteúdo, serviços e produtos em mobile não tem origem no meio (smartphone ou tablets) ou formato (Android ou iOS), mas sim na conveniência que se oferece para o usuário. Isso quer dizer que, essencialmente, o processo para acessar informações é o cerne do conceito de mobilidade digital. Independente do dispositivo que o usuário esteja utilizado, desktop, tablet, smartphone ou smartwatch, ele deve ser capaz de realizar suas tarefas e interagir com o conteúdo.

Essa tendência já se traduz para diversos produtos digitais, como Whatsapp, Uber, Flipboard e Instagram. Todas essas empresas tem em comum em seu DNA a origem em aplicativos exclusivos para celulares. Contudo, com a evolução do negócio, essas mesmas empresas também passaram a oferecer suas soluções em outras plataformas, incluindo desktop. Esse acabou sendo um caminho natural para os produtos — um tanto controverso se pensarmos no paradigma que se estabeleceu sobre serviços mobile. Nesse caso, as empresas colocam o usuário em primeiro lugar, possibilitando que ele utilize o aplicativo e tenha uma ótima experiência seja qual for o dispositivo que estejam utilizando.

Isso tudo pode parecer complexo para pequenos e médios negócios, mas hoje já existem tecnologias que tornam mais fácil o acesso a uma presença digital completa. Empresas como o Google e a GoodBarber estão inovando nesse sentido, promovendo um novo conceito chamado Progressive Web Apps. Fundamentalmente, os PWAs oferecem uma experiência de usuário aprimorada, unindo o melhor de tecnologias web e funcionalidades de apps nativos. Com este tipo de aplicativo, o usuário pode se conectar com o conteúdo independente do navegador ou dispositivo que esteja utilizando.

A GoodBarber, especialmente, democratizou o acesso a esta tecnologia, oferecendo uma plataforma onde se pode criar aplicativos nativos e Progressive Web Apps de forma intuitiva e com valores justos para pequenos negócios. Assim, garantir a interação perfeita entre a empresa e os clientes e usuários se torna muito mais tangível.

Para empresas que estão começando no mundo digital, esse pode ser uma fator essencial para renovar as estratégias de marketing. Ser capaz de encontrar e atender seus clientes a qualquer hora e em qualquer lugar é um poder que não se pode deixar passar em branco nos dias de hoje. Várias empresas já estão repensando suas estratégias digitais, você também vai encarar o desafio?

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade