0

Brasileiros se preocupam com saúde, mas não possuem hábitos de vida saudáveis

5 mar 2018
10h07
atualizado às 11h44
  • separator
  • comentários

Homens e mulheres que desenvolvem hábitos de vida saudáveis vivem por mais tempo e com maior qualidade de vida. Por isso, nunca é tarde para se adotar um estilo de vida saudável e ter mais saúde e bem-estar. É sempre importante refletir que a criança de ontem é o adulto de hoje e o avô ou avó de amanhã.

As doenças associadas ao processo de envelhecimento e o início de doenças crônicas podem ser prevenidos ou adiados.

De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), estima-se que 17,5 milhões de pessoas morreram por doenças cardiovasculares. Outra causa comum é o uso do tabaco, este tira a vida de mais de 7 milhões de pessoas por ano. Além do uso do tabaco, a obesidade é uma das principais causas de morte evitáveis em todo o mundo. Em cada ano, morrem milhões de adultos em consequência da obesidade ou do sobrepeso.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é o quarto maior fator de risco de mortalidade global no mundo, favorecendo o surgimento e o agravamento de uma série de doenças, como as do coração, diabetes e câncer. Ainda de acordo com a OMS, até 2025 o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos. A expectativa média de vida também aumentou acentuadamente no país. Este acréscimo do número de anos de vida, no entanto, precisa ser acompanhado pela melhoria ou manutenção da saúde e qualidade de vida.

Como você se imagina aos 90 anos idade?
Uma pessoa com dores, com dificuldade para andar, com dificuldades financeiras, totalmente dependente de outras pessoas?
Ou o leitor prefere se imaginar saudável, aproveitando a vida com os parentes e amigos, com dinheiro no bolso suficiente para manter a independência?

Por este motivo precisa-se viver com mais saúde em todas as etapas da vida, privilegiando a prática de atividades físicas no cotidiano e no lazer e o acesso a alimentos saudáveis. Em geral, é menos dispendioso prevenir a doença do que tratá-la.

De acordo com o Coach João Ernani Antunes Costa Júnior, 80% das ocorrências de problemas com a saúde poderiam ser evitadas com medidas simples de hábitos saudáveis. Afinal uma caminhada de 30 minutos é melhor do que uma corrida de 3 quilômetros que a maioria das pessoas não faz. Diversos aplicativos podem ser utilizados para monitorar estas e outras atividades.

Segundo doutor Rafael Pacheco Terra, geriatra, as famílias e os indivíduos precisam planejar e se preparar para a velhice. É importante que cada indivíduo se esforce para adotar uma postura de práticas saudáveis em todas as fases da vida. O envelhecimento é inevitável, mas para que o envelhecimento seja uma experiência positiva, precisa-se cuidar-se desde cedo.

Faz-se necessária a mudança de hábitos culturais. Mude e irá mudar os pensamentos de pessoas ao seu redor. Crie hábitos saudáveis de prevenção a doenças.

Segundo o Dr. José Mariano de Melo Garcia (médico de família), exames e checkups preventivos são poderosas ferramentas da medicina para prevenir ou detectar doenças. Uma série delas deve ser realizada anualmente para se manter saudável ao longo da vida.

A adoção de estilos de vida saudáveis e a participação ativa no cuidado da própria saúde são importantes em todos os estágios da vida. Colocar atividades no dia a dia, como por exemplo, trocar o controle remoto, elevador e todas essas facilidades por passos e atividades. Deve-se dar 10.000 passos por dia. Basta utilizar a tecnologia para verificar sua caminhada diária.

Cada um deve encontrar seu ritmo. A prática de exercícios, de intensidade moderada, durante meia hora por dia é suficiente para deixar de ser sedentário. Esses 30 minutos podem ser contínuos ou divididos em três períodos de 10 minutos cada. De acordo com o United States Departament of Health and Human Services, é importante que os adultos pratiquem duas horas de musculação por semana, além dos 30 minutos de caminhada por dia.

Seja mais ativo no dia a dia. Pequenas mudanças de comportamento no dia a dia, como subir escadas, descer do ônibus um ponto antes e caminhar até o trabalho, passear com cachorro e lavar o carro, podem ajudar a se movimentar mais e servir como um estímulo para o início de uma atividade física diária.

Mas por qual motivo devo ter uma vida ativa e saudável? Uma vida ativa e saudável melhora nossa saúde em todos os aspectos, principalmente nos aspectos mentais e sociais. E pode ajudar significativamente as pessoas a ficarem independentes o máximo de tempo possível. Além disso os custos médicos irão ser bem menores na terceira idade. Ou seja, bom para saúde e bom para o bolso.

Exercer o autocontrole sobre sua própria vida está relacionado às escolhas pessoais de comportamento durante toda a vida. Saber superar adversidades determina o nível de adaptação a mudanças, como por exemplo a aposentadoria e a crises do processo de envelhecimento, como o surgimento de doenças.

Apesar de todos esses benefícios, uma grande proporção da população leva uma vida sedentária na maioria dos países. Por este motivo a realizações de ações para promover saúde se veem necessárias.

Acompanhando as tendências mundiais, a tecnologia pode ajudar na implementação de hábitos saudáveis. De acordo com a pesquisa do Instituto Locomotiva, 5,2 milhões de pessoas acima dos 60 anos utilizam a internet .

Participe também do CONAVAS - Congresso Nacional Online Viver Ativo e Saudável, realizado anualmente onde você terá acesso a valiosos conhecimentos e descobertas trazidos por pesquisadores e cientistas.
http://www.conavas.com.br

Para mais dicas de como ter um vida mais saudável acesso nosso site: http://www.ativoesaudavel.com.br



Website: https://www.ativoesaudavel.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade