0

Acupuntura apresenta até 82% de eficácia contra dores associadas ao frio

11 jul 2018
12h41
  • separator
  • comentários

A baixa dos termômetros nas ruas leva muita gente com queixas de dores musculares aos consultórios médicos. O número de pacientes chega a triplicar logo após as primeiras quedas de temperaturas nas estações mais frias do ano - outono e inverno. De acordo com especialistas, isso ocorre por causas da contração corporal, causada pelo frio. Técnica da milenar Medicina Chinesa, a acupuntura é uma das terapias mais eficientes no alívio desses sintomas - 82% dos casos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde - superior à medicação convencional.

Foto: null / DINO

"Com a chegada das temperaturas frias, a musculatura se contrai, o que pode provocar ainda mais as dores nas costas, nas articulações, principalmente na coluna e, ainda maior, para quem tem algum problema como, deslizamento de vértebras, hérnias-de-disco ou inflamações em músculos e tendões", explica o Dr. Vicente Ruiz, médico acupunturista da Clinic Care, em São Paulo. Segundo o médico, a acupuntura é indicada para melhorar a qualidade de vida desses pacientes, na complementação do tratamento medicamentoso convencional no alívio das dores e, em muitas vezes, uma grande diminuição de medicação alopática.

A OMS classificou a acupuntura como um dos tratamentos mais eficazes para eliminar dores causadas por problemas como a lombalgia, por exemplo. Um levantamento feito por essa Organização, mostrou que 72% dos pacientes com esse tipo de dor, tratados com acupuntura, tiveram resultados completamente eficazes. De acordo com os dados da entidade, a acupuntura contribuiu ainda para o alívio em 82% dos casos de dores nas costas e em 65% dos casos de artrites de um modo geral - patologias que pioram durante o período frio.

O Dr. Ruiz explica que a acupuntura funciona de dentro para fora e equilibra pontos energéticos do organismo. A inserção das agulhas de acupuntura estimula as terminações nervosas que existem na pele e em outros tecidos de origem músculo-esquelética. Estas terminações externas se comunicam com áreas do cérebro que agem em glândulas do corpo humano, promovendo a produção de várias substâncias que desencadeiam diferentes efeitos no corpo, como ação analgésica ou anti-inflamatória, bem como a restauração de tecidos orgânicos e ajuda no equilíbrio do sistema imunológico, o que pode ser chamado de um equilíbrio energético global ou em outras palavras, definido como a plena saúde física, mental, espiritual e emocional do indivíduo. "A acupuntura não apenas alivia a dor, mas também harmoniza os distúrbios físicos e psicológicos que a dor provoca", esclarece.

Para a OMS, ao contrário de muitos outros métodos tradicionais de tratamento, a acupuntura é segura, quando realizada corretamente por um profissional médico habilitado; simples, conveniente, tem poucas contraindicações, não-tóxica e apresenta reações adversas mínimas. "É um método seguro, que usamos na Clinic Care, inclusive para idosos e gestantes, e que consegue reduzir a necessidade do uso de medicamentos, podendo ser usada a longo prazo como complemento do tratamento ortopédico", esclarece o Dr. Ruiz.



Website: http://cliniccare.com.br/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade