0

4 de outubro é o Dia Nacional de Adotar um Animal

Visa à conscientização, união e o conhecimento em prol do bem-estar animal, promovendo a adoção responsável, sem preconceito.

3 out 2017
13h44
  • separator
  • comentários

No dia 4 de outubro de 2000 surgiu à primeira comemoração intitulada Dia Nacional para ressaltar a importância de uma causa. O Dia Nacional de Adotar um Animal visa à conscientização, união e o conhecimento em prol do bem-estar animal, promovendo a adoção responsável, sem preconceito. Estas são as armas lícitas de luta que devem ser utilizadas, de maneira que seja possível conquistar espaços e garantir as mudanças que almejamos ver na sociedade.

Foto: DINO

"Para mudar a sociedade é preciso que as pessoas mudem individualmente e, acreditem que com esta postura estarão caminhando na direção certa, aprimorando a conduta moral no que diz respeito ao relacionamento com os animais", enfatiza Vininha F. Carvalho, idealizadora desta iniciativa e editora da Revista Ecotour News ( www.revistaecotour.tur.br)

Os lares brasileiros estão cada vez mais repletos de pets. No nosso País, 61% dos brasileiros possuem pelo menos um animal de estimação, e 89% desses tutores consideram o seu animal de estimação um amigo e, efetivamente, um membro de sua família. Atualmente, são mais de 130 milhões de animais domésticos convivendo harmoniosamente entre as mais de 65 milhões de residências no Brasil. Justamente por isso, o Brasil tem a segunda maior população de pets do mundo, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Recente pesquisa realizada pelo Instituto QualiBest, dirigido por Daniela Chammas Daud Malouf, ouviu 7.084 pessoas, em todo o Brasil, entre aqueles que possuem cachorros, 41% têm um sem raça definida, o simpático vira lata, demonstrando que o preconceito está sendo substituído pela força do amor incondicional. Cada vira-lata é um exemplar único e muitos trazem consigo uma história de grande superação.

Os dados que figuram nesta pesquisa online inédita foram obtidos através de contato com homens e mulheres, de 18 anos ou mais, das classes A, B, C, D, E, de todas as regiões do País. A margem de confiança da pesquisa é de 95%. Entre os entrevistados que possuem e são responsáveis por pets soma-se 65%, desses 79% têm cães, 39% gatos, 19% aves e 10% peixes.

Depois do vira-lata, presente em 41% dos lares, vem às raças Poodle (11%), Pinscher (7%), Labrador (5%), Pit Bull (3%) e Lhasa Apso (3%). Além de ser o mais saudável, o vira-lata é o cão mais presente nas casas das classes C e D e 33% deles foram encontrados abandonados nas ruas. Os Lhasa Apsos, por sua vez, são os que mais viajam com seus tutores (26%) e aqueles que mais dormem com eles na cama (52%).

Para fortalecer o conceito de que cada cidadão deve ser responsável pelo seu animal, esta campanha educativa, o Dia Nacional de Adotar um Animal, através da qual é possível estabelecer uma mobilização em prol do direito dos animais está sendo comemorado 17º ano consecutivo no dia 4 de outubro. Ao idealizar o Dia Nacional de Adotar um Animal, inicialmente a proposta de Vininha F. Carvalho era mobilizar as pessoas á praticarem uma ação concreta em homenagem a São Francisco de Assis, adotando um animal, mas, percebeu que haveria a necessidade de adicionar um trabalho voltado para fortalecer os princípios da posse responsável.

A sociedade precisa nutrir-se de informação para conseguir compreender que os animais devem ser reconhecidos como seres que merecem ser respeitados e protegidos. Não adianta sancionar leis que obriguem as pessoas a tomarem atitudes corretas se elas desconhecem porque isto deve ser feito. As leis são muito importantes, mas não são suficientes para criar uma nova mentalidade, as pessoas precisam estar motivadas a agirem corretamente.

Independentemente de ter raça definida ou não, os animais não podem jamais serem abandonados. Esta situação requer a urgência de unir esforços das pessoas e dos poderes públicos para que se obtenha o controle de natalidade, enfatizando a necessidade de sensibilização da população sobre a castração e a posse responsável dos animais de estimação.

Para saber mais acesse :www.adotarebomdemais.com.br



Website: http://www.adotarebomdemais.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade