PUBLICIDADE

Casos de Delta têm carga viral 300 vezes maior, diz estudo

Carga mais elevada significa que o vírus se dissemina muito mais facilmente de pessoa para pessoa, aumentando as infecções e hospitalizações

24 ago 2021 - 12h51
(atualizado às 13h02)
Ver comentários
Publicidade

Pessoas infectadas com a variante Delta mais transmissível têm uma carga viral 300 vezes maior do que aquelas com a versão original do vírus da covid-19 quando os sintomas começam a ser observados, revelou um estudo da Coreia do Sul.

Ilustração de um vírus do lado de fora de um centro de ciência regional em Oldham, Reino Unido August 3, 2020. REUTERS/Phil Noble
Ilustração de um vírus do lado de fora de um centro de ciência regional em Oldham, Reino Unido August 3, 2020. REUTERS/Phil Noble
Foto: Reuters

Mas o valor diminuiu gradualmente com o tempo, ficando em 30 vezes maior depois de quatro dias, mais de 10 vezes em nove dias e alcançando os níveis vistos em outras variantes depois de 10 dias, informou o Centro de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia (KDCA) nesta terça-feira (24).

A carga mais elevada significa que o vírus se dissemina muito mais facilmente de pessoa para pessoa, aumentando as infecções e hospitalizações, disse Lee Sang-won, uma autoridade do Ministério da Saúde, em uma coletiva de imprensa.

"Mas isto não significa que a Delta é 300 vezes mais infecciosa... achamos que sua taxa de transmissão é 1,6 vez a da variante Alpha, e cerca de duas vezes a da versão original do vírus", disse Lee.

A variante Delta do novo coronavírus foi identificada primeiramente na Índia, e a Alpha no Reino Unido.

Para evitar a disseminação da variante Delta, agora a linhagem predominante em todo o mundo, a KDCA pediu às pessoas que façam exames imediatamente quando desenvolverem sintomas da covid-19 e que evitem encontros pessoais.

A proliferação rápida da Delta e as taxas baixas de vacinação pegam grande parte da Ásia de guarda baixa, especialmente em mercados emergentes, enquanto as economias da Europa e da América do Norte se reativam.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade