PUBLICIDADE

Brasil ultrapassa marca de 580 mil mortes por covid-19

Em números totais, o estado de São Paulo é o que contabiliza mais casos (4.262.684) e mortes (145.836)

31 ago 2021 18h23
| atualizado às 18h27
ver comentários
Publicidade

O Brasil registrou 24.589 novos casos e 839 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 20.776.870 contágios e 580.413 vítimas desde o início da crise sanitária, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta terça-feira (31).

Os dados, no entanto, não incluem as informações epidemiológicas do estado do Ceará devido a problemas técnicos no acesso aos números.

Túmulo de vítima da covid-19 em cemitério de Manaus (AM) 
20/05/2021
REUTERS/Bruno Kelly
Túmulo de vítima da covid-19 em cemitério de Manaus (AM) 20/05/2021 REUTERS/Bruno Kelly
Foto: Reuters

Apesar de ainda altas, as médias semanais de contaminações e de óbitos continuam a apresentar queda. Enquanto a primeira está em 23.143, a segunda está em 667 - sendo que a média de falecimentos é a menor registrada no Brasil desde o dia 6 de janeiro.

Em números totais, o estado de São Paulo é o que contabiliza mais casos (4.262.684) e mortes (145.836). Já a maior taxa de letalidade do país continua sendo do Rio de Janeiro, de 5,5%, bem acima da média nacional, que é de 2,8%.

Na sequência dos contágios, nos números absolutos, aparecem Minas Gerais (2.066.338), Paraná (1.457.929), Rio Grande do Sul (1.408.873) e Bahia (1.220.792). Também os estados de Santa Catarina e Rio de Janeiro ultrapassaram a marca total de 1 milhões de contaminações.

Nos óbitos, os dados absolutos mostram que a segunda posição fica com o Rio de Janeiro (62.457), seguido por Minas Gerais (52.986), Paraná (37.500) e Rio Grande do Sul (34.199). .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade