Lula diz que conclusão na ONU sobre Moro é 'lavagem de alma'

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) declarou nesta quinta-feira, 28, que a conclusão de um comitê da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a atuação do ex-juiz Sergio Moro e de procuradores da Lava Jato representa uma "lavagem de alma" para ele. De acordo com o Comitê de Direitos Humanos da ONU, Lula teve seus direitos políticos violados, não teve acesso a um julgamento imparcial; além da exposição de sua privacidade.

Fonte: Redação Terra
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade