Bolsonaro comete ato falho e chama a si mesmo de mentiroso

O presidente Jair Bolsonaro cometeu um ato falho nesta quarta-feira em cerimônia no Palácio do Planalto. Para criticar o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que o Brasil tem um "chefe do Executivo que mente". No âmbito federal, ele mesmo é o chefe do Executivo. "Mente o ministro Barroso quando diz que é sigiloso. Mente. Uma vergonha", disse o presidente sobre o inquérito - vazado por ele - da Polícia Federal que apurava suposta invasão de hackers a sistemas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante as eleições de 2018. "Nas Forças Armadas, se um militar mente, acabou a carreira dele. ... Não tem prescrição para isso. Temos um chefe do Executivo que mente", acrescentou, sem perceber seu erro.

Fonte: Redação Terra
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade