PUBLICIDADE

Política

Michelle Bolsonaro apoia reeleição de Nunes em publicação de Pablo Marçal

Ex-primeira-dama fez comentário incentivando a reeleição do prefeito paulistano; mais de 4,7 mil pessoas curtiram a postagem

16 jun 2024 - 10h44
(atualizado às 15h14)
Compartilhar
Exibir comentários
Ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro apoia candidatura de Ricardo Nunes (MDB) à Prefeitura de São Paulo
Ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro apoia candidatura de Ricardo Nunes (MDB) à Prefeitura de São Paulo
Foto: Taba Benedicto/Estadão / Estadão

O perfil oficial no Instagram da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro comentou na última sexta-feira, 14, uma postagem do pré-candidato à Prefeitura de São Paulo Pablo Marçal (PRTB). Na publicação, ela defendeu a candidatura do atual prefeito da capital paulistana, Ricardo Nunes (MDB).

Mais de 4,7 mil pessoas curtiram o comentário, e outros 1,5 mil internautas responderam concordando ou discordando dela.

Michelle Bolsonaro faz comentário apoiando Ricardo nunes (MDB) em perfil do concorrente Pablo Marçal (PRTB)
Michelle Bolsonaro faz comentário apoiando Ricardo nunes (MDB) em perfil do concorrente Pablo Marçal (PRTB)
Foto: Rapreodução/Instagram/@pablomarçal

O coach ainda tem esperança que Jair Bolsonaro (PL) não irá apoiar Nunes no pleito de outubro. Ele afirmou várias vezes que gostaria do apoio do ex-presidente na eleição deste ano. "Nunes está empurrando o Bolsonaro com a barriga", escreveu ele no último sábado, 15, em resposta aos seguidores.

Mesmo sem o apoio oficial do ex-presidente, Marçal usa o nome de Bolsonaro com o objetivo de angariar votos entre o eleitorado mais conservador.

Bastidores das negociações eleitorais afirmam que, nos últimos dias, Bolsonaro reforçou o apoio à Nunes e desautorizou que o PL se proxime de Marçal. O ex-presidente indicou que o coach não tem autorização para usar seu nome em busca de eleitores. 

No momento, continua a negociação de Bolsonaro com o prefeito paulistano para a escolha do nome do vice na chapa. O favorito de Bolsonaro é o coronel Ricardo Mello de Araújo, ex-comandante da Rota e ex-diretor do Ceagesp durante a gestão Bolsonaro na presidência.

Questionado sobre a estratégia do coach, Bolsonaro afirmou que apenas candidatos do PL ou de partidos aliados podem dizer que têm o apoio dele nas eleições municipais.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade