0

Ivan Monteiro é cotado para assumir Banco do Brasil

Atual presidente da estatal permanece no cargo até a nomeação de Roberto Castello Branco para o comando da petroleira, em janeiro

19 nov 2018
09h56
atualizado às 10h16
  • separator
  • 0
  • comentários

RIO - O futuro governo deseja que o atual presidente da Petrobrás, Ivan Monteiro, permaneça na administração Jair Bolsonaro. Há conversas para que ele assuma o comando do Banco do Brasil. A proposta foi feita a Monteiro pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, apurou o Estado.

Caso essa negociação se confirme, o comando da Caixa poderia ficar nas mãos de Rubem Novaes, ex-diretor do BNDES e professor da FGV, ou de Pedro Guimarães, sócio do Banco Brasil Plural, explicou uma fonte que tem conhecimento direto das tratativas.

Equipe de Jair Bolsonaro quer que Ivan Monteiro, atual presidente da Petrobrás, permaneça na administração
Equipe de Jair Bolsonaro quer que Ivan Monteiro, atual presidente da Petrobrás, permaneça na administração
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil / Estadão Conteúdo

Na manhã desta segunda-feira, 19, foi confirmado pela assessoria de Guedes que o economista Roberto Castello Branco aceitou o convite para assumir o comando da estatal petroleira. A informação foi antecipada pelo Estado.

Monteiro permanece no cargo até a nomeação do economista pelo presidente eleito, o que só deve ocorrer em janeiro, após a posse.

O trabalho de Monteiro à frente da Petrobrás era bem avaliado por Guedes e havia disposição para que ele seguisse no comando da petroleira. Ivan Monteiro mostrou-se, contudo, reticente em permanecer por mais um período na estatal.

De acordo com relato feito à reportagem do Estado, ele argumentou a Guedes que o trabalho de reestruturação financeira já havia sido feito na companhia e descreveu o desgaste a que se submeteu nos últimos anos como empecilho para sua confirmação.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade