0

Em Estado petista, Bolsonaro fala em "varrer turma vermelha"

Presidente está no Piauí, governado por Wellington Dias, do PT

14 ago 2019
13h59
atualizado às 14h20
  • separator
  • 0
  • comentários

Em visita à cidade de Parnaíba, no Piauí, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, em discurso, que pretende "varrer do Brasil" para a Venezuela a "turma vermelha de corruptos e comunistas". O Piauí é governador pelo petista Wellington Dias.

Pela terceira vez em uma semana, o presidente utilizou o "cocô" como metáfora, dessa vez para se referir "à raça de corruptos e comunistas" que, segundo ele, deveriam estar na Venezuela ou em Cuba.

Ao utilizar a metáfora, foi ovacionado pela população presente aos gritos de "mito".

O presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto
O presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto
Foto: Adriano Machado / Reuters

"Nós vamos acabar com o cocô no Brasil. O cocô é essa raça de corruptos e comunistas", afirmou o presidente da República ao microfone.

Bolsonaro estava na cidade para a inauguração de uma escola batizada com seu nome. Mais cedo, compartilhou em suas redes sociais um vídeo exaltando a "recepção calorosa" que recebeu na cidade.

No vídeo, Bolsonaro é recebido pelo prefeito de Parnaíba, o ex-senador e ex-governador cassado, Francisco de Assis Souza, conhecido como Mão Santa. Os cidadãos presentes entoavam "a nossa bandeira jamais será vermelha".

Veja também

Tufão Lekima deixa 49 mortos e dezenas de desaparecidos na China

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade