1 evento ao vivo

Pazuello tem suspeita de Covid-19 e fará exames após ter febre e mal-estar

20 out 2020
21h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com suspeita de Covid-19 e será submetido a exames para a doença provocada pelo novo coronavírus, informou a assessoria do ministro nesta terça-feira.

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
09/06/2020
REUTERS/Adriano Machado
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello 09/06/2020 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Na véspera, Pazuello precisou ir a um hospital após ter sentindo um mal-estar, que inclusive o forçou a se ausentar de um evento no Palácio do Planalto com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com a assessoria do ministro, Pazuello teve quadro de febre nesta terça, quando participou remotamente por vídeo de uma reunião com governadores para anunciar a inclusão da possível vacina chinesa para Covid-19 Coronavac no Programa Nacional de Imunização. [nL1N2HB28T]

Pazuello, de 57 anos, foi efetivado no cargo de ministro no mês passado, após ficar quatro meses como interino após as saídas de Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich desde o início da pandemia.

Quando Pazuello assumiu interinamente o cargo de Ministro da Saúde, em 15 de maio, o Brasil tinha um total de 218.223 casos e 14.817 mortes de Covid-19. Na ocasião, o país era o sexto do mundo em número absoluto de casos, atrás de Estados Unidos, Rússia, Espanha, Reino Unido e Itália.

Atualmente, são 5.273.954 casos de Covid-19 no Brasil --o terceiro maior total do mundo, atrás dos EUA e da Índia-- e 154.837 óbitos-- superado somente pelos Estados Unidos.

A pandemia encontra-se em desaceleração no Brasil ao longo das últimas semanas em relação ao pico atingido no final de julho, quando eram registrados por dia, em média, mais de 50.000 casos novos e acima de 1.000 óbitos.

Veja também:

Fome em Porto Iguaçu: A situação é pior do que se vê nos vídeos
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade