2 eventos ao vivo

Dilma veta fórmula 85/95 para aposentadorias

Presidente apresentou alternativa com regra de progressividade, com base na expectativa de vida do cidadão

17 jun 2015
20h57
  • separator
  • 0
  • comentários

A presidenta Dilma Rousseff vetou, na noite desta quarta-feira (17), o texto da Medida Provisória (MP) 664 que instituía a chamada fórmula 85/95 para cálculo das aposentadorias. No lugar dela, o governo propõe uma regra de progressividade, com base na expectativa de vida do cidadão. Em nota, o governo diz que a nova proposta “visa garantir a sustentabilidade da Previdência Social”.

Proposta apresentada visa garantir a sustentabilidade da Previdência Social
Proposta apresentada visa garantir a sustentabilidade da Previdência Social
Foto: Bruno Domingos / Reuters

“A presidenta Dilma Rousseff veta o Projeto de Lei de Conversão 4/2015 e edita medida provisória que assegura a regra de 85 pontos (idade+tempo de contribuição para mulheres) e 95 pontos (idade+tempo de contribuição para homens), que fora aprovada pelo Congresso Nacional. Ao mesmo tempo, introduz a regra da progressividade, baseada na mudança de expectativa de vida e, ao fazê-lo, visa garantir a sustentabilidade da Previdência Social”, diz a nota divulgada pela assessoria do Palácio do Planalto.

Siga o Terra Notícias no Twitter

Antes da decisão de Dilma, integrantes do governo se reuniram para formular a proposta que, em seguida, foi apresenta às centrais sindicais e ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade