PUBLICIDADE

Tentativa de massacre em colégio: 'A intenção era matar o maior número de crianças', afirma PM-ES

Um jovem invadiu uma escola em Vitória, no Espírito Santo, com armas e coquetel molotov e foi detido pela Polícia Militar

19 ago 2022 - 17h12
(atualizado às 19h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Segundo a PM do estado, o rapaz estava tentando cometer um atentado dentro da escola
Segundo a PM do estado, o rapaz estava tentando cometer um atentado dentro da escola
Foto: Divulgação/ PM ES

Um jovem foi detido na tarde desta sexta-feira, 19, após invadir EMEF Eber Louzada Zippinotti, no Jardim da Penha, bairro da cidade de Vitória, no Espírito Santo. 

Em entrevista exclusiva concedida ao Terra, o Major Isaac Rubim, da Polícia Militar (PM) do estado, confirmou que o rapaz, que tem 18 anos e é ex-aluno da instituição, estava tentando cometer um atentado dentro da escola.

"No depoimento ele afirmou que a intenção era matar o maior número de crianças", disse o major. "Ele ainda disse que queria morrer em confronto com a polícia". 

O rapaz chegou a colocar uma tranca usada em bicicletas no portão da escola, para dificultar a fuga dos estudantes e a entrada da polícia. Primeiro, o suspeito tentou entrar pelo portão da escola, sem sucesso, ele pulou um muro na lateral do colégio. 

O jovem chegou a invadir uma das salas, ameaçando alunos e o professor. Alunos das outras salas chegaram a fazer uma barricada com carteiras para tentar impedir a ação.

Antes de ser preso, o jovem acabou ferindo um estudante no nariz, em uma briga corporal, mas nenhum outro estudante se feriu na ação. 

Junto dele, foram apreendidos um coquetel molotov, duas bestas (dispositivo de disparo de flechas) com flechas e facas, além das roupas utilizadas na ação.

Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Ainda segundo a PM, o jovem está detido na Delegacia de Homicío de Proteção a Pessoa de Vitória e a Polícia Civil do estado vai conduzir investigações para tentar descobrir as motivações e se ele teve algum tipo de ajuda. 

A Polícia Militar ainda informou que vai reforçar o policiamento na escola durante a próxima semana.  

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade