0

RJ: PM pede ajuda dos manifestantes para manter a paz em protesto

20 jun 2013
14h59
atualizado às 15h07
  • separator
  • comentários

A Polícia Militar do Rio de Janeiro divulgou uma nota nesta quinta-feira pedindo que os manifestantes que participarão do protesto marcado para hoje ajudem a manter a paz durante a passeata. A corporação pediu que o grupo "evite aderir a movimentos destrutivos que nada acrescentam ao debate democrático". A concentração está marcada para as 16h, na avenida Rio Branco, no centro da capital fluminense - a marcha deve sair da Candelária e ir até a Cinelândia.

<p>O prefeito Eduardo Paes anunciou ontem a suspensão do reajuste da passagem</p>
O prefeito Eduardo Paes anunciou ontem a suspensão do reajuste da passagem
Foto: J.P.Engelbrecht/Prefeitura do Rio de Janeiro / Divulgação

"A Polícia Militar não reprime manifestações nem é contra a liberdade de expressão, mas tem como maior valor a proteção à vida. Sua atuação tem a finalidade de manter um princípio básico da Democracia: a convivência pacífica", diz a nota da PM. "Manifestar-se pacificamente não é crime, destruir deliberadamente patrimônios sim. O patrimônio público é de todos, portanto, ele é seu também. Ajude a PM nesta missão. Afaste-se de quem insiste em vandalizar uma manifestação pacífica."

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;

Os protestos no Rio de Janeiro começaram - assim como em outras capitais como Porto alegre e São Paulo - motivadas pelo aumento do preço da tarifa de ônibus para R$ 2,95. Na quinta-feira, a prefeitura da cidade e o governo do Estado anunciaram a redução das passagens de transporte coletivo - os ônibus passaram a custar R$ 2,75; o metrô diminuiu de R$ 3,50 para R$ 3,20; as barcas passaram de R$ 3,30 para R$ 3,10 com o uso do Bilhete Único, e de R$ 4,80 para R$ 4,50 sem o cartão.

&amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/infograficos/protesto-tarifa/iframe.htm&amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/infograficos/protesto-tarifa/iframe.htm&amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;gt;

Apesar da redução das tarifas, os protestos continuam motivados por outras causas, como mais investimentos nas áreas de saúde e educação e menos gastos com a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Os manifestantes também são contrários à PEC 37, que pretende tirar o poder de investigação do Ministério Público.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/infograficos/mapa-protestos-pelo-mundo/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/infograficos/mapa-protestos-pelo-mundo/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade