0

Rio: Marcha da Família acaba em tumulto com grupo contrário

Com baixa adesão, 200 manifestantes participaram do ato, que acabou em confronto e dispersão com balas de borracha

22 mar 2014
17h31
atualizado às 20h19
  • separator
  • comentários

Convocada via internet, a reedição da Marcha pela Família com Deus levou cerca de 100 pessoas ao centro do Rio neste sábado. Os participantes, que pedem uma intervenção militar no País, caminharam da Igreja da Candelária até a frente da sede do Exército, na avenida Presidente Vargas. A marcha deste sábado atraiu bem menos público que o protesto original, quando cerca de 1 milhão de pessoas saíram às ruas do Brasil numa série de protestos contra o que consideravam a ameaça comunista no governo do presidente João Goulart.

<p>Manifestantes pró e contra intervenção militar discutem</p>
Manifestantes pró e contra intervenção militar discutem
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Hoje, ao final do ato, havia cerca de 200 manifestantes. Outras 200 pessoas surgiram numa espécie de contramarcha, com bandeiras comunistas. Eles chamavam os manifestantes de fascistas, e eram chamados de terroristas. A polícia precisou intervir e dispersou o confronto com balas de borracha.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade