0

Queda de viaduto: afundamento de 6 m de pilar pode ser causa

5 jul 2014
08h33
atualizado às 09h01
  • separator
  • comentários

Um afundamento de seis metros do pilar principal, após a retirada das escoras, pode ter causado o desabamento do viaduto Guararapes na avenida Pedro I, em Belo Horizonte (MG), que matou duas pessoas e deixou outras 22 feridas. De acordo com o presidente do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de Minas Gerais (Ibape), Frederico Correa, o momento da retirada das escoras e como isso deve ocorrer dependem de algumas variáveis, como tempo de cura do concreto e a distribuição de cargas na edificação. "Quando a estrutura é retirada, o peso anteriormente distribuído entre os pilares e as escoras é direcionado para o pilar principal. Nesse momento, acreditamos ter havido o afundamento", disse Correa, que participou das primeiras vistorias feitas pela entidade no local da tragédia. As informações foram publicadas no jornal O Estado de S. Paulo. 

<p>Queda de viaduto deixou dois mortos em Belo Horizonte (MG)</p>
Queda de viaduto deixou dois mortos em Belo Horizonte (MG)
Foto: Victor R. Caivano / AP

Um terceiro laudo, além dos feitos por especialistas do Ibape de Minas e um grupo técnico indicado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), será produzido por peritos contratados pela Cowan, responsável pela construção. O secretário de obras da prefeitura de Belo Horizonte e presidente da Superintendência de Densenvolvimento da Capital (Sudecap), Lauro Nogueira, afirmou ontem que o viaduto não era uma obra da Copa do Mundo e, por isso, não havia pressa. Ele reconheceu descaso na fiscalização e enfatizou que o governo é responsável pela queda de uma das alças do elevado. "A prefeitura tem responsabilidade, assim como a construtora e os técnicos contratados para a fiscalização", afirmou. 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade