PUBLICIDADE

MP pede que população denuncie grupo que vandalizou prédios no Rio

O Ministério Público quer ajuda da população para identificar quem vandalizou prédios e agrediu policiais durante protesto de ontem

18 jun 2013 19h00
ver comentários
Publicidade
<p>Noite de protesto que reuniu 100 mil pessoas no Rio de Janeiro terminou em confronto de algumas dezenas de pessoas com policiais militares</p>
Noite de protesto que reuniu 100 mil pessoas no Rio de Janeiro terminou em confronto de algumas dezenas de pessoas com policiais militares
Foto: Mauro Pimentel / Terra

O Ministério Público do Rio de Janeiro informou no começo da noite desta terça-feira que está acompanhando as investigações da Polícia Civil sobre confrontos registrados durante o protesto de segunda-feira em frente à Assembleia Legislativa.  Segundo a promotora Mothé Glioche, as pessoas que possam identificar os envolvidos nos atos devem entrar em contato com a ouvidoria do MP, pelo telefone 127 ou pelo site mp.rj.gov.br.

Veja a cronologia e mais detalhes sobre os protestos em SP

O objetivo, segundo ela, é reunir informações que possam complementar a investigação policial, ou até mesmo subsidiar a instauração de uma investigação própria do MP para que se identifiquem os responsáveis pelos atos. A promotora ainda disse que os suspeitos serão apontados pelos crimes de agressão a policiais, depredação do patrimônio público e saques a estabelecimentos comerciais.

Mais cedo, a Polícia Militar confirmou que deve aumentar o policiamento durante a manifestação programada para a próxima quinta-feira, dia do jogo entre Espanha e Taiti pela segunda rodada da Copa das Confederações, no Estádio Maracanã. Ainda não há uma definição da quantidade exata de policiais, mas existe a percepção de que são necessários reforços depois dos problemas registrados na segunda-feira.

&amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm&amp;quot; href=&amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm&amp;quot;&amp;gt;veja o infogr&amp;aacute;fico&amp;lt;/a&amp;gt;
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade