PUBLICIDADE

Conrado & Aleksandro: o que se sabe sobre o acidente?

Ônibus tombou em uma rodovia no sábado, 7, e deixou seis mortos, entre eles o cantor Aleksandro e cinco membros da equipe

9 mai 2022 13h28
| atualizado às 13h39
ver comentários
Publicidade
Acidente envolvendo ônibus de dupla sertaneja Conrado e Aleksandro deixou seis mortos neste sábado, 7, na Rodovia Régis Bittencourt, em Miracatu (SP)
Acidente envolvendo ônibus de dupla sertaneja Conrado e Aleksandro deixou seis mortos neste sábado, 7, na Rodovia Régis Bittencourt, em Miracatu (SP)
Foto: Reprodução/Redes sociais

O grave acidente do ônibus da dupla sertaneja Conrado & Aleksandro, que tombou na Rodovia Régis Bittencourt, matou o cantor Aleksandro e outros cinco passageiros na manhã de sábado, 7, na cidade de Miracatu (SP). Outros 11 passageiros ficaram feridos, entre eles o cantor Conrado, que está internado em estado grave, segundo a assessoria.

O acidente aconteceu por volta de 10h30, no km 402 da rodovia, na pista sentido São Paulo (SP). Conforme divulgado pela assessoria, o veículo tinha saído de Tijucas do Sul (PR) e tinha como destino a cidade de São Pedro (SP), onde Conrado & Aleksandro fariam um show no sábado.

O que aconteceu?

Segundo apurado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no local do acidente, um dos pneus dianteiros do estourou e fez com que o motorista perdesse o controle do ônibus, que tombou no canteiro central da rodovia. Cerca de uma hora antes do acidente um motorista filmou o ônibus da dupla sertaneja a 130 km/h. A velocidade máxima para veículos de grande porte no local da gravação é de 80 km/h.

Na gravação, o motorista alerta, dizendo: "é assim que acidentes acontecem". As imagens mostram o ônibus ultrapassando, com velocidade, vários outros veículos pesados. 

 

Quem são as vítimas?

Seis pessoas morreram no local. Entre elas, estava o cantor Luiz Aleksandro Talhari Correia, de 34 anos, criador da dupla sertaneja. 

Outras 11 pessoas ficaram feridas e precisaram de socorro. Conrado, o segundo cantor da dupla, está internado em estado grave após passar por uma cirurgia para controle de sangramento e correção cirúrgica de fratura na bacia. Ele continua internado na UTI, em estado grave.

Conrado está internado na UTI em estado grave
Conrado está internado na UTI em estado grave
Foto: Popline

Investigações

As investigações da Polícia Civil estão a cargo da Delegacia de Miracatu. O delegado Carlos Ceroni, responsável pelo caso, abriu nesta segunda-feira, 9, o inquérito para apurar as causas do acidente. 

No sábado, no entanto, algumas vítimas foram ouvidas enquanto eram liberadas do pronto-socorro. No total, 13 pessoas já prestaram depoimento, entre elas os dois motoristas que se revezavam no trajeto na condução do ônibus.

O motorista que dirigia no momento do acidente disse, em depoimento, que sentiu uma saliência na parte dianteira do veículo, mas continuou na direção. Momentos depois, veio o estouro do pneu seguido do tombamento.

O vídeo que mostra o veículo em alta velocidade momentos antes do acidente já está sendo apurado pela polícia, que procura o autor para ouvi-lo. No entanto, as testemunhas ouvidas apontaram que não houve excesso de velocidade.

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade