PUBLICIDADE

Agenda de Bolsonaro está suspensa por ao menos 48 horas, diz ministro das Comunicações

14 jul 2021 16h37
ver comentários
Publicidade

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou nesta quarta-feira que a agenda de compromissos oficiais do presidente Jair Bolsonaro foi suspensa inicialmente por 48 horas após a hospitalização do presidente, que será transferido do Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, para São Paulo, a fim de realizar exames complementares para avaliar a necessidade de uma nova cirurgia.

Presidente Jair Bolsonaro em Brasília
01/06/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília 01/06/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

"De início foi suspensa por 48 horas e a gente vai aguardar o que o médico, doutor Macedo, vai falar após a realização dos exames lá em São Paulo. Acredito que até amanhã a gente tenha essa resposta", disse Faria, ao citar o médico Antonio Luiz Macedo, responsável por procedimentos cirúrgicos anteriores do presidente.

Segundo Faria, Bolsonaro está bem, após ter sido sedada pela manhã para descansar depois de ter dado entrada no HFA de madrugada com fortes dores abdominais. O ministro não soube informar para qual hospital Bolsonaro será levado em São Paulo, mas disse que a transferência será nesta tarde.

"O presidente está bem, ele foi sedado pela manhã para descansar, acordou e conversou com o médico e o médico vai levá-lo para São Paulo", relatou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade