PUBLICIDADE

Caso Ana Hickmann: braço imobilizado e tudo o que se sabe sobre as agressões

Apresentadora registrou um boletim de ocorrência contra o marido, Alexandre Correa, por agressão e violência doméstica

13 nov 2023 - 11h57
Compartilhar
Exibir comentários
Polícia foi acionada por volta das 15h30 para atender ocorrência na casa de Ana Hickmann
Polícia foi acionada por volta das 15h30 para atender ocorrência na casa de Ana Hickmann
Foto: Reprodução: Instagram/ahickmann

A apresentadora Ana Hickmann, de 42 anos, registrou um boletim de ocorrência contra o marido, o empresário Alexandre Correa, de 51 anos, por violência doméstica e lesão corporal. O caso aconteceu após uma discussão em Itu, São Paulo, onde eles e o filho de 10 anos moram.

Nesta segunda-feira, 13, Ana Hickmann apresentou normalmente o programa "Hoje em Dia", da Record, após as acusações contra o marido. A apresentadora apareceu sem a tipoia que imobilizava o seu braço. 

Discussão

Na tarde deste sábado, 11, a polícia de Itu foi acionada por volta das 15h30 para atender um chamado na casa de Ana Hickmann, após uma discussão envolvendo ela e o marido. No entanto, Alexandre não estava no local quando as autoridades chegaram, de acordo com as informações do g1.

Segundo o boletim de ocorrência, Ana estava na cozinha de sua casa, junto de seu filho, do marido Alexandre e de funcionários quando a discussão começou. A apresentadora conversava com o filho sobre um assunto que não agradou Alexandre, ele a repreendeu e os dois aumentaram o tom de voz.

Violência contra mulher: conheça os 5 tipos Violência contra mulher: conheça os 5 tipos

A criança saiu do local por causa da briga e o marido pressionou a esposa contra a parede, ameaçando dar cabeçadas nela. Ela conseguiu se afastar do marido, mas ao tentar correr para pegar o seu celular, que estava em outro lugar da casa, Alexandre fechou a porta da cozinha, pressionando o braço esquerdo de Ana. Após conseguir fechar a porta e trancar Alexandre para o lado de fora da cozinha, ela ligou para a polícia.

Estado de Ana Hickmann

A apresentadora procurou atendimento médico após as agressões e teve o braço esquedo imobilizado com uma tipoia após exame de raio-x. A PM informou que ela foi sozinha até o Hospital São Camilo e depois foi liberada. Ana foi escoltada pela polícia até a delegacia e preferiu não pedir medida protetiva contra Alexandre.

"Ana Hickmann agradece o carinho e a solidariedade dos fãs e informa que está em casa, bem e felizmente não sofreu maiores consequências em sua integridade física", disse a assessoria da artista em nota enviada à revista Quem.

Pronunciamento

Em nota publicada no Instagram, o marido de Ana Hickmann admitiu a discussão que, segundo ele, "não gerou maiores consequências". Ele ainda pediu desculpas à família pelo ocorrido.

"De fato, na data de ontem, tive um desentendimento com a minha esposa, situação absolutamente isolada, que não gerou maiores consequências", iniciou.

"Gostaria de esclarecer também que jamais dei uma cabeçada nela, como inveridicamente está sendo veiculado na imprensa, e que tudo será devidamente esclarecido no momento oportuno", continuou.

"Aproveito a oportunidade para pedir minhas mais sinceras desculpas a toda a minha família pelo ocorrido. São 25 anos de matrimônio, sem que tivesse qualquer ocorrência dessa natureza. Sempre servi a Ana como seu agente, com todo zelo, carinho e respeito, como assim trato as sete mulheres com quem trabalho no meu escritório", diz o comunicado.

A apresentadora apagou as suas fotos com Alexandre e parou de segui-lo no Instagram. Hoje, ela compartilhou uma foto com o filho após as agressões. "Minha força, minha motivação, o amor da minha vida!!! É por ele que eu acordo e vou atrás dos meus sonhos todos os dias. Obrigada pelas mensagens de carinho. Hoje é um novo dia", escreveu.

Casamento

Ana Hickmann e Alexandre Correa são casados há 25 anos. Eles se conheceram quando a apresentadora tinha 15 anos e ele 24, em um clube noturno, em São Paulo. Após uma proposta de trabalhar como modelo na França, Ana e Alexandre se casaram antes da viagem, para que ela fosse emancipada, semanas antes da apresentadora completar 17 anos.

Violência doméstica

A Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) protege as mulheres de violência doméstica contra violências física, psicológica, moral, sexual e patrimonial. A pena é de um a três anos de prisão.

Ao presenciar qualquer episódio de agressão contra mulheres, denuncie. Você pode fazer isso por telefone (ligando 190 ou 180).Também pode procurar uma delegacia, normal ou especializada.

Saiba mais sobre como denunciar aqui.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade