PUBLICIDADE

Time com nanismo mostra que tamanho não é documento nos esports

Galorys tem mansão para criadores de conteúdo com nanismo e foco em misturar humor e games

16 abr 2024 - 10h56
(atualizado às 10h58)
Compartilhar
Exibir comentários
Galorys monta time composto por pessoas com nanismo
Galorys monta time composto por pessoas com nanismo
Foto: Igor Oliveira / Game On

Os esportes tradicionais muitas vezes conseguem se destacar com histórias de pessoas que quebram barreiras através das modalidades. Agora, nos esportes eletrônicos, a Galorys tenta fazer o mesmo e traz a primeira equipe de criação de conteúdo composta inteiramente por pessoas com nanismo.

O time esteve presente no ESL SPS 2024 Mobile Masters, campeonato de Free Fire e Call of Duty Mobile que aconteceu em São Paulo nos dias 13 a 16 de abril. O Game On esteve no local e aproveitou a oportunidade para conversar com diversos do membro desta equipe inusitada.

Mansão adaptada

Visando unir humor a games e esports, a Galorys montou uma Gaming House adaptada para receber pessoas com nanismo. Assim, ela juntou vários criadores de conteúdo para representar a organização e divulgar ainda mais os times competitivos da empresa.

“A Galorys veio com essa ideia de Gaming House e eles tinham vários times. A gente de cara viu o COD Mobile, pensamos ‘esses meninos são bons, vamos abraçar’. Todo mundo gostou, começamos a criar conteúdo e ajudamos nisso, os caras estão estourados hoje e a gente até ajudou nisso”, contou Linnicker "Minicountry" David.

Minicountry conta sobre o objetivo desse time, como os próprios dizem, de anões. Segundo o influenciador, a intenção é promover a felicidade e sempre levar as brincadeiras no bom humor, para criar um carinho com o público.

Nós somos os anões que moram na casa e estamos aqui para trazer alegria, diretamente de Minas Gerais! O conteúdo é tanto para humor quanto para games. A gente junta os dois e sai muita coisa divertida que a galera gosta bastante A gente leva na brincadeira. Não pode levar para o coração, não ficar triste e ser feliz", diz o criador de conteúdo.

Jogo com Neymar, carinho do público e respeito

Inicialmente, o grupo foi formado por pessoas com nanismo que possuíam um foco de conteúdo no humor. Entretanto, após passarem a vestir a camisa da Galorys, o apego com os games aumentou cada vez mais.

Fernando Máximo, um dos influenciadores, conta, inclusive, que eles estão visando jogar campeonatos de Counter-Strike 2. E a Galorys já está conseguindo notoriedade, pelo menos com os fãs. Ele revela que chegaram a jogar contra um time formado pelo craque do futebol, Neymar.

“A gente pretende ainda jogar um CSzinho. Nós brincamos esses dias aí. Tem eu, tem o anãozera, que é fera no CS, aí a gente consegue brincar. Nós jogamos nada menos nada mais com o Neymar esses dias para trás. Eu tomei até uma facada dele. Perdemos para ele, mas jogamos com o Neymar! Eu tô orgulhoso demais dele ter me matado na faquinha.”

Com o bom humor sempre presente, Henrique "Minicraque" Saturnino participou da conversa e falou sobre a experiência de conhecer o público. Durante o SPS Mobile Masters, a equipe de criadores da Galorys fez sucesso com os fãs. Minicraque ressalta que o respeito foi marca registrada desse encontro.

“A galera recebeu a gente muito bem. Não teve uma ofensa, não teve nada. Todo mundo querendo tirar foto com a gente, gritando nosso nome. Então estamos conseguindo divulgar o time mais ainda. Quando a Galorys ganhar algum campeonato, a gente vai querer até levantar o troféu juntos. A união faz a força, junta todas as mãos para conseguir levantar”, conta enquanto a equipe simula o ato levantando Minicraque.

O SPS Mobile Masters acabou sem um título brasileiro, mas a Galorys conseguiu marcar positivamente o público presente com a interação com os fãs.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade